EMPÓRIO MARCENARIA
J. Regionalidades vc por dentro de tudo Publicidade Detran carnaval Publicidade Agência Solução
SESA Aedes Aegipty Publicidade CORONAVÍRUS - SESA Publicidade CAMPANHA VACINAÇÃO GRIPE Publicidade Publicidade Publicidade MAIO AMARELO 2020 Publicidade EMPATIA NO TRÂNSITO Publicidade EDUCAÇÃO NO TRÂNSITO JULHO/2020 Publicidade DENGUE NOV/2020 Publicidade BEBIDA E DIREÇÃO DEZ2020 Publicidade

Há pouco mais de dez dias de gestão do novo prefeito do município de Castelo, João Paulo Nali (PTB), já é possível perceber que a relação entre vice e prefeito não tem sido das melhores.

Segundo informações, o ex-vereador, Renato Cogo (Republicanos), que disputou o cargo de vice-prefeito ao lado de João Paulo Nali (PTB), no pleito “Eleições 2020”, não anda muito satisfeito com a nova gestão da qual faz parte.

Publicidade Publicidade

De acordo com uma fonte que preferiu não se identificar, o vice-prefeito optou em se distanciar da gestão por mero posicionamento político.

Antes mesmo de tomar posse do cargo, de acordo com a fonte, Renato teria ainda tentando articular uma oposição ao grupo do prefeito para reeleger o ex-presidente do legislativo de Castelo, o Vermelho. Não havendo sucesso, Renato teria então colocado sua própria irmã, a então vereadora Du do Salão, para disputar a eleição da mesa contra o grupo do prefeito.

“Ainda no cargo de vereador, no fim do ano passado ele [Renato] também liderou um movimento para aprovação do projeto de lei que dava reajuste aos servidores da prefeitura que agora virou uma Ação Civil Pública de quase 6 milhões de reais”, pontuou.

Procurado pela equipe do Jornal Regionalidades, o prefeito de Castelo, João Paulo Nali informou que desde o fechamento das coligações, ainda em 2020, houve um alinhamento sobre os desafios em relação ao município, no mesmo período Renato e João teriam conversado sobre a necessidade de uma parceria para que o prefeito e o vice-prefeito trabalhassem juntos, mas que após o pleito o mesmo começou a se distanciar.

“Nós não tivemos qualquer atrito. Acredito que ele deve ter se afastado por posição política dele”, disse João Paulo Nali, prefeito de Castelo.

O prefeito informou ainda que: “continuo grato e pessoalmente não tivemos qualquer discussão. Infelizmente foi só um distanciamento por opção dele que me cabe respeitar”.

Por meio de uma mensagem no WhatsApp da Redação do Jornal Regionalidades o vice-prefeito disse que está à disposição para servir o município de Castelo e a disposição da atual administração.

Renato se limitou em dar informações sobre o caso e sugeriu que a equipe fosse buscar respostas com o prefeito João Paulo Nali.

Confira a resposta do vice-prefeito na íntegra:

Boa tarde, eu me encontro a disposição de servir ao município de Castelo e a disposição da administração atual e as demais informações o senhor pode obter junto ao Prefeito João Paulo e sua equipe.

Sobre a Presidência da Câmara dei apoio ao meu partido Republicanos, uma vez que o partido teve candidato e para que ocorresse a coligação do Partido Republicanos e do PTB, para as eleições 2020, ocorreu um acordo que a Presidência seria do nosso partido, partido esse que elegeu dois vereadores e acho que o partido ajudou a chegar a vitória do nosso grupo.

Meu relacionamento com os vereadores é bom, tive meu.mandato de vereador junto a alguns e os novos conheço, apenas não tive oportunidade de trabalhar junto, mas espero que agora nesta legislatura podemos trabalhar em prol do município de Castelo.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorCasagrande esclarece vídeo em que aparece na praia na praia de Santa Helena em Iriri
Próximo artigoHomem morre ao tombar com caminhão na estrada que liga Cachoeiro a Castelo
Elan Costa
Elan Costa é jornalista sob o registro MTE 0003512/ES, articulista e estudante de direito. Atuou na Gerência de Jornalismo e Relações Públicas da Prefeitura de Guarapari, trabalhou como Jornalista Correspondente do Jornal A Tribuna, no Noroeste do ES, foi coordenador de comunicação na Câmara Municipal de Santa Teresa, assessor de comunicação na Amunes - Associação dos Municípios do ES -, e assessor político em diversos órgãos. É marqueteiro político, tendo atuado na campanha eleitoral para prefeito de Guarapari em 2016, além de coordenador de campanha eleitoral para deputado estadual em 2018. Fundador e proprietário do Jornal Regionalidades.

Comentários no Facebook