Vasco folga na rodada e só volta a jogar dia 28 contra o São Paulo

0
Rafael Ribeiro/Vasco
EMPÓRIO MARCENARIA
J. Regionalidades vc por dentro de tudo Publicidade Detran carnaval Publicidade Agência Solução
SESA Aedes Aegipty Publicidade CORONAVÍRUS - SESA Publicidade CAMPANHA VACINAÇÃO GRIPE Publicidade Publicidade Publicidade MAIO AMARELO 2020 Publicidade EMPATIA NO TRÂNSITO Publicidade EDUCAÇÃO NO TRÂNSITO JULHO/2020 Publicidade

O Vasco da Gama só volta a campo dia 28, quando enfrenta o São Paulo no Morumbi. Até lá, a última lembrança do torcedor vai ser o empate de 1 a 1 contra o Goiás, em pleno São Januário, diante de 18 mil torcedores. Fred Guarín marcou para os vascaínos e a vitória estava garantida até o último minuto dos acréscimos, quando outro colombiano, Oswaldo Henríquez, marcou contra para os Esmeraldinos.

“Faltou segurar a bola no ataque, mastigar a bola mais na frente para que naturalmente saísse um segundo gol. Nós não conseguimos fazer isso e eles ficaram cruzando, cruzando, até que numa falha acontece o gol”, analisou Vanderlei Luxemburgo.

Publicidade Publicidade

Ouça na Rádio Nacional

O técnico deu folga para o elenco até quinta-feira (21) e reclamou de todo esse tempo parado. “Neste contexto de reta final de temporada, a gente fica meio pirado, porque a gente quer mais é jogar para acabar logo o campeonato”.

Depois do São Paulo, o Vasco retorna ao Rio de Janeiro, onde encara o Cruzeiro novamente dentro de casa. O clube não joga esta semana, pois já enfrentou o Flamengo, na última quarta (13), em partida válida pela 34ª rodada do Campeonato .  O jogo foi antecipado em virtude da final da Libertadores, entre os rubro-negros cariocas e os argentinos do River Plate, no próximo sábado (23), em Lima (Peru), às 17h (horário de Brasilia).

Edição: Cláudia Soares Rodrigues
COMPARTILHAR
Artigo anteriorColuna – O Dia da Consciência Rubro-Negra
Próximo artigoBrasil vence Coreia do Sul em último jogo do ano da seleção
Avatar
Elan Costa é jornalista sob o registro MTE 0003512/ES, articulista e estudante de direito. Atuou na Gerência de Jornalismo e Relações Públicas da Prefeitura de Guarapari, trabalhou como Jornalista Correspondente do Jornal A Tribuna, no Noroeste do ES, foi coordenador de comunicação na Câmara Municipal de Santa Teresa, assessor de comunicação na Amunes - Associação dos Municípios do ES -, e assessor político em diversos órgãos. É marqueteiro político, tendo atuado na campanha eleitoral para prefeito de Guarapari em 2016, além de coordenador de campanha eleitoral para deputado estadual em 2018. Fundador e proprietário do Jornal Regionalidades.

Comentários no Facebook