O Centro de Detenção e Ressocialização (CDRL) de Linhares, internos trabalhadores são os responsáveis pelo cultivo e manutenção da Horta Solidária. Nesta quarta-feira (25), produtos colhidos no local foram doados ao Lar das Meninas, instituição de acolhimento a crianças e adolescentes do município.

Fizeram parte da doação itens como: pés de alface, aipim, abóboras e temperos diversos.  O servidor Marcelo Ressureição, responsável pelo projeto, realizou a entrega à instituição na unidade prisional. “O cultivo da horta, o trabalho com a terra, contribuem no processo de ressocialização dos reeducandos. Os servidores da unidade doam as sementes plantadas e os itens da colheita são doados a quem precisa. Ficamos muito felizes em ajudar o próximo, por meio do projeto da CDRL”, ressaltou Marcelo.

Publicidade Publicidade

A coordenadora da Lar das Meninas, Alessandra Sousa, agradeceu as doações. “Ações como esta fortalecem o vínculo entre os diferentes entes públicos para a construção de uma sociedade livre, mais justa e solidária”, afirmou.

Somente este ano, a unidade prisional realizou a doação de hortaliças a diversas instituições do município, totalizando mais de 50 caixas de produtos cultivados na Horta Solidária.

Comentários no Facebook