As Diretrizes Operacionais Versão 2 foram apresentadas aos superintendentes regionais de Educação e supervisores pedagógicos da Rede Estadual de Ensino, durante teleconferência realizada na tarde desta segunda-feira (29) através da plataforma Meet, pelas subsecretárias de Educação Básica e Profissional, Andrea Guzzo, e de Planejamento e Avaliação da Secretaria da Educação (Sedu), Isaura Nobre. As diretrizes trazem o detalhamento prático de como será a atuação das equipes gestoras a partir da próxima quarta-feira (01), data em que as Atividades Pedagógicas Não Presenciais (APNPs) começam a contar como carga horária letiva.

“Retornaremos com as atividades letivas, mas o calendário letivo e os protocolos de retorno das aulas presenciais ainda serão amplamente discutidos, inclusive com a Undime. O que trazemos aqui trata exatamente quais as mudanças vão ocorrer, o que precisamos ter atenção, dentre outros pontos. Esse documento ainda pode ter pequenos ajustes, mas está praticamente finalizado. Essa semana também iniciam as formações com os professores, que também estarão disponíveis no site EscoLAR”, afirmou Andrea Guzzo.

Publicidade Publicidade

Durante a apresentação do material, a subsecretaria Isaura Nobre explicou o que tem de diferente do que já ocorre hoje. “Entendendo que muitos municípios não tem acesso à TV, estamos dando uma ênfase maior as APNPs disponibilizadas também por meio das salas de aula virtuais, canais do YouTube e portal da Sedu Digital. As videoaulas da TV têm o intuito de serem apoio aos professores. Além disso trazemos um modelo de proposta de readequação curricular”, disse.

As subsecretarias detalharam e explicaram cada item das Diretrizes. Por fim, tiraram dúvidas e colheram sugestões dos superintendentes e supervisores.

Comentários no Facebook