O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Educação (Sedu), publicou, no Diário Oficial do Espírito Santo, desta quarta-feira (28), a Portaria Nº 095-R, que dispõe sobre as regras para uma nova remessa de cestas básicas para os alunos da Rede Estadual de Educação, durante o período de aulas não presenciais, em virtude da suspensão das aulas presenciais.

O investimento será de mais de R$ 11 milhões e beneficiará cerca de 116.730 alunos, inscritos no CadÚnico. O benefício equivale ao período de 19 de abril a 14 de maio, totalizando 19 dias úteis.

Publicidade Publicidade

O valor será repassado aos Conselhos de Escola, por meio do Programa Estadual de Gestão Financeira Escolar (Progefe). As escolas ficarão responsáveis por comprar os gêneros alimentícios, contatar as famílias e realizar a entrega.

Progefe

Só em 2021, os Conselhos de Escola receberam, por meio do Programa Estadual de Gestão Financeira Escolar (Progefe), mais de R$ 75,7 milhões, para as unidades escolares realizarem manutenções, compras de notebooks, alimentação, cestas básicas e itens de prevenção ao novo Coronavírus (Covid-19), como máscaras, álcool, sabão, aferidor de temperatura, entre outros.

Comentários no Facebook