A Secretaria da Educação (Sedu) liberou mais R$ 7.337.200,00 para os Conselhos de Escola, por meio do Programa Estadual de Gestão Financeira Escolar (Progefe). O valor será repassado às 95 unidades escolares para custear despesas ao longo de 2021, de acordo com o contexto que cada unidade escolar está inserida. A Portaria nº 099-R foi publicada no Diário Oficial do Estado, nesta segunda-feira (03).

Entre os serviços que podem ser realizados estão despesas com contador, manutenção, material de expediente, aquisição de material de consumo, realização de pequenos reparos, adequações e serviços necessários à manutenção, conservação e melhoria da estrutura física da unidade escolar, implementação de projeto pedagógico, contratação de internet, videomonitoramento, desenvolvimento de atividades educacionais, entre outras demandas.

Progefe

Publicidade Publicidade

Só em 2021, os Conselhos de Escola receberam, por meio do Programa Estadual de Gestão Financeira Escolar, mais de R$ 83 milhões, para as unidades escolares realizarem manutenções, compras de notebooks, alimentação, cestas básicas e itens de prevenção ao novo Coronavírus (Covid-19), como máscaras, álcool, sabão, aferidor de temperatura, entre outros.

Comentários no Facebook