O ano de 2019 foi marcado por avanços importantes para a Guarda Civil Municipal (GCM) de Cachoeiro. A corporação da Secretaria Municipal de Segurança (Semseg) está melhor equipada, mais perto do rearmamento e ganhou um novo plano de carreira.

Os guardas civis começaram a receber, neste mês, os portes de arma de fogo emitidos pela Polícia Federal, por meio de convênio. A expectativa é de que voltem a utilizar armas a partir de janeiro, com a devolução do armamento pertencente à corporação pelo Poder Judiciário.

Publicidade Publicidade

“Armar a GCM novamente e de forma definitiva é uma das prioridades da atual gestão municipal, na área de segurança pública. Após muito trabalho e cumprimento de uma série de exigências, estamos dando fim a um impasse jurídico que se arrasta há anos, e o município ganhará muito com isso”, ressalta o prefeito Victor Coelho.

Sancionado nesta semana, o novo Plano de Carreira, Ingresso e Subsídios da GCM, que reorganiza a vida funcional dos guardas, entra em vigor em março de 2020, abrindo caminho para o aumento do efetivo, por meio da realização de concurso público.

Outra lei recém-sancionada garante aos guardas municipais indenização para aquisição de uniforme, benefício já estabelecido em diversos municípios brasileiros.

“Também para melhorar as condições de trabalho da GCM, adquirimos novos equipamentos, como coletes à prova de bala, pistolas elétricas, algemas e lanternas táticas”, salienta o secretário municipal de Segurança, Ruy Guedes.

Mais de 3 mil ocorrências atendidas

Por meio da Ronda Ostensiva Municipal (Romu), a GCM atendeu cerca de 3,5 mil ocorrências neste ano, incluindo encaminhamentos de suspeitos de crimes à delegacia e apoio na recuperação de veículos furtados.

Em parceria com a Polícia Militar, realizou 43 operações Cavalo de Aço, com foco na redução dos índices de assaltos em Cachoeiro. As motocicletas em situação irregular foram o principal alvo, por serem utilizadas para a prática de crimes: 407 foram apreendidas.

A GCM também atuou em 29 operações para coibir a atividade ilegal de flanelinhas, em abordagens a pessoas em situação de rua para desocupação de espaços públicos e em apoio a eventos da Prefeitura, como Festa de Cachoeiro, Carnaval, ExpoSul Rural e Feira da Bondade.

Prevenção escolar e da violência doméstica

Com a Ronda de Prevenção Escolar, a GCM levou mais segurança e tranquilidade a escolas municipais, principalmente, nos horários de entrada e saída de estudantes, com reforço no patrulhamento. Já dentro das unidades, orientou mais de 7 mil alunos com palestras e dinâmicas sobre temas relacionados a prevenção e segurança.

A Ronda de Apoio à Família (Rafa), por sua vez, acolheu 212 mulheres vítimas de violência doméstica e familiar. O projeto promove visitas domiciliares tranquilizadoras e assistência contínua às vítimas (inclusive, psicológica). Também atua na prevenção de novos casos, com a realização de reuniões nas comunidades e eventos, como o Agosto Lilás, que desenvolveu uma série de atividades para conscientização sobre o combate às diversas formas de violência contra a mulher.

Guarda Mirim: prevenção primária

Em 2019, a Semseg expandiu o projeto Guarda Mirim, abrindo um núcleo no distrito de Itaoca. Com isso, na cidade e no interior, 720 crianças e adolescentes foram atendidos com atividades esportivas, culturais e de cidadania gratuitas, no contraturno escolar. A proposta é envolver os participantes em ações formativas e edificantes que os afastem do uso de drogas e de estímulos a práticas delituosas. O bom trabalho desempenhado pelo projeto tem despertado o interesse de Guardas Municipais de cidades da região sul, como Presidente Kennedy.

Videomonitoramento

As ações para ampliação da central de videomonitoramento da Semseg avançaram, com o início do processo de contratação de empresa especializada para prestação de serviços de captura de imagens e leitura de placas veiculares. “O objetivo é implantar no município, futuramente, um cerco inteligente de segurança, nos moldes do de Vitória, para recuperação de veículos roubados”, explica o secretário Ruy Guedes.

Ouvidoria

A Ouvidoria da Guarda Civil Municipal passou a contar com um novo canal de atendimento, o site cachoeiro.es.gov.br/ouvidoriaguarda. Por meio dele, os moradores podem registrar sugestões, reclamações ou elogios a respeito da conduta dos guardas municipais.

Comentários no Facebook