Secont entrega piloto do Repositório Digital de Conhecimento ao Conselho Nacional de Controle Interno

0
EMPÓRIO MARCENARIA
J. Regionalidades vc por dentro de tudo Publicidade Detran carnaval Publicidade Agência Solução
SESA Aedes Aegipty Publicidade CORONAVÍRUS - SESA Publicidade

A Secretaria de Controle e Transparência (Secont) entregou ao Conselho Nacional de Controle Interno (Conaci) o piloto do Repositório Digital de Conhecimento. A ferramenta foi apresentada na manhã esta sexta-feira (13), durante a 34ª Reunião Técnica do Conaci, que acontece em Vitória.

O gestor de Tecnologia da Informação da Secont, Emerson Couto de Moura, que está à frente do projeto, fez uma demonstração do funcionamento do Repositório, que permite a preservação, o acesso remoto, o gerenciamento, a busca, a recuperação e o reuso da produção intelectual das instituições da área de controle interno em todo o País.

Publicidade Publicidade

O secretário de Estado de Controle e Transparência, Edmar Camata, observou que a ferramenta tornará mais acessível o compartilhamento de boas práticas para o fortalecimento da transparência, do combate à corrupção e do trabalho de auditoria. “A informação é o grande ativo hoje, é o diferencial”, lembrou.

Já o presidente do Conaci, Leonardo Ferraz, exemplificou alguns documentos que poderão ser colocados no Repositório, como as decisões em Processos Administrativos de Responsabilização e relatórios de auditoria. “A nossa intenção é criar um círculo virtuoso do conhecimento”, disse.

Funcionamento

O Repositório utiliza a ferramenta  DSpace, pacote de software de código aberto que permite a captura de conteúdo em qualquer formato (vídeo, texto, áudio de dados) e a busca dos conteúdos por meio de pesquisas temáticas.

A plataforma é totalmente gratuita e utilizada por mais de 3 mil instituições em todo o mundo. No Brasil 110 organizações já aderiram à solução, incluindo a Controladoria Geral da União (CGU) e a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC). A CGU utilizou a ferramenta na construção do seu repositório, a Base de Conhecimento.

Além de elaborar o projeto, a Secont vai fornecer a infraestrutura tecnológica para o projeto-piloto, com o apoio do Instituto de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado (Prodest).

Comentários no Facebook