Registrado o 4º óbito por Covid-19 em Guaçuí na manhã desta quinta-feira

O município registrou mais uma morte e agora soma quatro óbitos pela doença, enquanto o vírus se espalha por todo o município

0
EMPÓRIO MARCENARIA
J. Regionalidades vc por dentro de tudo Publicidade Detran carnaval Publicidade Agência Solução
SESA Aedes Aegipty Publicidade CORONAVÍRUS - SESA Publicidade CAMPANHA VACINAÇÃO GRIPE Publicidade Publicidade Publicidade MAIO AMARELO 2020 Publicidade

Guaçuí registrou mais uma morte por Covid-19 nesta manhã de quinta-feira (4). Com isso, agora, o município soma quatro óbitos provocados pela pandemia do novo Coronavírus que, conforme pode ser observado no Boletim da Vigilância Epidemiológica, da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), está se espalhando pela cidade e até distritos da zona rural.

A senhora que ia completar 90 anos este mês, no próximo dia 21, estava internada em estado grave na UTI da Santa Casa de Guaçuí, em um dos 10 leitos que a unidade hospitalar preparou e isolou para atender pacientes de Covid-19, vindo a falecer nesta quinta. Desde que a Santa Casa de Cachoeiro, referência da região para este atendimento, chegou a 100% de ocupação, a Santa Casa de Guaçuí passou a ser uma das referências regionais com leitos de UTI para a internação de pacientes vítimas da pandemia.

Publicidade Publicidade

No boletim desta quarta-feira (3), quando Guaçuí ainda apresentava três óbitos, o número de casos confirmados da doença havia chegado a 47 no total, com outros 70 casos suspeitos. Os casos curados continuavam em 28 e os descartados haviam subido para 86, enquanto as notificações haviam chegado a 203. O boletim desta quinta-feira, sai no final do dia, com a confirmação desta 4ª morte e a atualização dos demais dados.

Por toda a cidade

Contudo, o que chama a atenção, analisando os números apresentados no boletim desta quarta-feira, é o fato dos casos confirmados se localizarem em diversos pontos da cidade e até fora dela, como o distrito de São Pedro de Rates, onde existem dois pacientes com Covid-19. No começo, os casos estavam concentrados no centro da cidade, onde agora existem sete confirmados, e no bairro São José, com dois, que fica próximo do centro. Mas agora, pode-se ver que o vírus está em pontos distantes da cidade, como a Vila dos Professores (1), Morada das Palmeiras (1), Antônio Martins (1 – óbito), Santa Cecília (1), e no km 94 da BR482 (1), considerando apenas os confirmados do boletim desta quarta-feira.

Se forem considerados os casos curados, pode-se ver que também houve casos em bairros como o João Ferraz de Araújo, Manoel Monteiro Torres, Balança e Nova Guaçuí. E se forem levados em conta os casos suspeitos que aguardam análise do exame de laboratório, há possibilidades de confirmação em locais como os bairros Cid Moreira, Roberto Mendes, Vila Nova, Santa Cruz, Vale do Sol, São Miguel, Vista Alegre, Antônio Francisco Moreira, Horto Florestal, Quincas Machado, Manoel Alves Siqueira e nos distritos de São Miguel do Caparaó e São Tiago, entre outros já citados. Lembrando que esses casos suspeitos podem não ser confirmados, ou seja, ser descartados.

Prevenção

Mas os números mostram que é importante que as pessoas sigam as orientações de isolamento e distanciamento social, ficando em casa o maior tempo possível e usando máscaras quando for à rua. A Prefeitura de Guaçuí segue fazendo sua parte, com o monitoramento dos casos confirmados e suspeitos que estão em isolamento social, em suas casas. As pessoas que tiveram contato com esses pacientes, inclusive os casos de óbito, também estão sendo monitoradas.

Além disso, continua com medidas que vêm sendo tomadas desde o começo de março, quando foram suspensas as atividades da Terceira Idade, até a implantação das barreiras sanitárias, desinfecção das ruas e o uso obrigatório de máscaras. Assim como o isolamento e distanciamento social, evitando aglomerações. O município está entre aqueles que ficaram classificados como Risco Moderado (Amarelo), conforme o mapa da nova Matriz de Risco para o contágio do novo Coronavírus (Covid-19) atualizado pelo Governo do Estado no dia 24 de maio (veja abaixo as medidas de cada nível de risco).

RISCO BAIXO (VERDE)

Medidas Sociais:

– Orientação/conscientização para isolamento social e distanciamento social (Disk Aglomeração);

– Orientação/conscientização para adoção de medidas de proteção (máscaras e higiene);

– Abordagem às pessoas para orientação;

– Comunicação social, por meio de rádio, carros de som e outros;

– Monitoramento de casos suspeitos e infectados;

– Instalação do Sistema de Comando de Operações e elaboração de plano de contingência;

– Municípios acima de 50 mil habitantes deverão instalar um centro de comando geral e um centro de comando em saúde (não é o caso de Guaçuí);

– Recomendação para que as pessoas dos grupos de risco permaneçam em isolamento total.

Medidas Comerciais:

– Funcionamento de todos os estabelecimentos, com medidas qualificadas: um cliente por 10 metros quadrados (m²), com obrigatoriedade do uso de máscaras para funcionários e observação do distanciamento social em filas;

– Funcionamento entre 10h e 17h nos municípios com menos de 70 mil habitantes (caso de Guaçui);

– Escalonamento de horários de funcionamento por, no mínimo, dois turnos, em municípios acima de 70 mil habitantes, com organização a critério do município (não é o caso de Guaçuí);

– Galerias e centros comerciais devem funcionar com 50% da ocupação (uma pessoa por 14 metros quadrados).

Transporte Público:

– Higienização de veículos em nível Covid-19;

– Proteção obrigatória para tripulação (máscaras, álcool e luvas);

– Instalação de dispositivos de álcool em gel nos terminais;

– Distanciamento entre pessoas em filas para embarque.

Limites Municipais:

– Orientação para controle de entrada no município, com barreiras sanitárias, por meio da autoridade municipal;

– Barreira sanitária nas rodoviárias.

RISCO MODERADO (AMARELO)

Medidas Sociais:

– Adoção de todas as medidas previstas para municípios do grupo de Risco Leve;

– Recomendação do isolamento social com intervenção local da autoridade pública;

– Recomendação das medidas de proteção (uso de máscara e ampliação das medidas de higiene);

– Abordagem às pessoas para recomendação;

– Monitoramento casos confirmados e suspeitos;

Medidas Comerciais:

– Funcionamento de todos os estabelecimentos com medidas qualificadas com obrigatoriedade do uso de máscaras para funcionários e clientes;

– Escalonamento de horários de funcionamento por, no mínimo, dois turnos em municípios acima de 70 mil habitantes, com organização a critério do Município;

– Lojas em galerias e centros comerciais devem funcionar em apenas um dos dois turnos previstos.

Transporte Público:

– Limitação de pessoas por veículo (redução de 35% da frota);

– Recomendação da utilização do CartãoGV (válido para a Grande Vitória);

– Lavagem dos pontos de ônibus com água e sabão pelo Município;

– Higienização dos veículos nos terminais por período;

– Suspensão da utilização do transporte público por idosos em horários de pico.

Limites Municipais:

– Orientação para controle de entrada no município com barreiras sanitárias, por meio de autoridade municipal;

– Barreira sanitária nas rodoviárias.

RISCO ALTO (VERMELHA)

Medidas Sociais:

– Adoção de todas as medidas previstas para municípios dos grupos de Risco Leve e Moderado;

– Determinação de isolamento social com intervenção local e aplicação de sanção;

– Determinação às pessoas para uso de máscaras;

– Monitoramento casos suspeitos e infectados.

Medidas Comerciais:

– Funcionamento dos estabelecimentos considerados essenciais e de estabelecimentos autorizados por regras dispostas em decretos com medidas qualificadas, definidas em protocolos específicos;

– Aplicação de multa;

Transporte Público:

– Restrição de passageiros em pé;

– Obrigatoriedade da utilização de CartãoGV (válido para Grande Vitória);

– Obrigatoriedade do uso de máscaras para tripulantes e passageiros;

Limites Municipais:

– Barreiras sanitárias nos limites dos municípios com controle rigoroso, por meio de autoridades municipal e estadual com o apoio das Forças Armadas;

– Barreira sanitária nas rodoviárias.

Comentários no Facebook