O projeto foi desenvolvido pelos estudantes da Escola José Teixeira Fialho, de Ecoporanga, que fazem parte do “Projeto Tecnologia e Inclusão na Prática”.

Os alunos que fazem parte do “Projeto Tecnologia e Inclusão na Prática”, da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio (EEFM) José Teixeira Fialho, de Ecoporanga, apresentaram um protótipo de foguete feito de garrafas PET na II Mostra Estadual de Astronomia, Astrofísica, Astronáutica e Cosmologia da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), campos São Mateus, na última quinta-feira (07).

Publicidade Publicidade

O projeto foi desenvolvido pelos estudantes Alcimar Gomes de Souza, que construiu sua própria base de foguetes, além de Juliana Gonçalves de Souza e Ivan Dantas Ferreira, construtores dos foguetes de garrafa PET, orientados pela professora do Atendimento Educacional Especializado (AEE), Renilza Falquete Cardoso, e pelo diretor, Jailson Maurício Pinto.

“Estamos estudando a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) do Espírito Santos nas escolas estaduais e municipais. Observa-se que esse documento enfatiza o protagonismo nas escolas, o trabalho da equidade, inclusão, contemporaneidade e desenvolvimento das tecnologias utilizando esses recursos tecnológicos para facilitar a aprendizagem dos alunos. Os estudantes especiais possuem habilidades notáveis e que merecem ser desenvolvidas, expandindo seus conhecimentos e trazendo avanços para a Educação em todos os níveis e etapas de ensino”, disse a professora.

O projeto também foi classificado para participar da 25ª Mostra de Foguetes Brasileira (MOBFOG), que acontece em Barra do Piraí (RJ), nos dias 12 a 15 de novembro. “A gestão da escola, na pessoa do diretor Jailson Maurício Pinto, incentiva bastante a participação dos alunos especiais em projetos escolares”, elogiou Renilza Falquete Cardoso. 

Comentários no Facebook