Promotoria de Justiça de Alegre atinge 100% de processos extrajudiciais digitalizados

0
EMPÓRIO MARCENARIA
J. Regionalidades vc por dentro de tudo Publicidade Detran carnaval Publicidade Agência Solução
SESA Aedes Aegipty Publicidade CORONAVÍRUS - SESA Publicidade CAMPANHA VACINAÇÃO GRIPE Publicidade Publicidade Publicidade MAIO AMARELO 2020 Publicidade EMPATIA NO TRÂNSITO Publicidade

A Promotoria de Justiça de Alegre agora faz parte das unidades do Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES) que atingiram 100% da digitalização do acervo físico. Todos os procedimentos extrajudiciais estão tramitando de forma eletrônica no Sistema de Gestão de Autos do Ministério Público Estadual (Gampes), o que garante a efetividade das atividades institucionais. Além de gerar eficiência, as medidas asseguram a proteção contra o novo coronavírus – Covid 19, já que evitam a manipulação dos autos de forma física.

A promotora de Justiça Neuza Mação ressaltou que a dedicação dos servidores foi determinante para que o processo de digitalização fosse concluído. “A economia de recursos públicos e a agilidade das informações são características marcantes no processo eletrônico que, antecipado pela pandemia da Covid-19, proporcionou mais celeridade e eficiência nos atos ministeriais”, destacou.

Publicidade Publicidade

A digitalização do acervo físico nas promotorias de Justiça do MPES é uma forma de garantir a celeridade das atividades desenvolvidas pela instituição. As medidas seguem as diretrizes evolutivas da Procuradoria-Geral de Justiça (PGJ) e também promovem a transparência das ações do MPES.

Comentários no Facebook