O Centro Educacional de Ensino Fundamental e Médio de Tempo Integral Daniel Comboni, em Ecoporanga, foi a primeira Escola Estadual do Espírito Santo a participar da Missão Garatéa-ISS, um grupo de cientistas brasileiros que contam com a parceria de universidades e instituições privadas como a National Center for Earth and Space Science Education para levar à Estação Internacional Espacial um experimento criado e desenvolvido pelos estudantes.

Há 16 anos, o grupo atua junto ao Student Spacefligth Experiments Program, que promove o projeto nas escolas americanas. Na ação, os estudantes têm aula sobre microgravidade e a vida espacial. Após o preparo, começam a pensar em um possível experimento a ser realizado na Estação Internacional Espacial, considerando todas as limitações impostas pelas condições de vida no espaço, bem como as vantagens da utilização da baixa gravidade para melhorias das condições de vida na Terra.

Publicidade Publicidade

Os estudantes mergulham em pesquisas na área de Ciências da Natureza, aprendem a organizar os experimentos idealizados por eles mesmos, seguindo uma metodologia científica, elaboram banners para apresentação para toda a comunidade e escrevem formalmente o projeto sobre o possível experimento seguindo as normas ABNT.

A partir disso, os projetos são avaliados por uma comissão de cientistas brasileiros que enviam três projetos para os parceiros da NASA, que escolhem um projeto do país para ser enviado efetivamente à Estação Internacional Espacial e ser realizado pelos astronautas.

A Escola Daniel Comboni apresentou três projetos pensados e realizados pelos alunos do Ensino Médio e um pelos alunos do Ensino Fundamental.  Todos os estudantes envolvidos receberam um certificado emitido pelo National Center for Earth and Space Science Education, o mesmo que os alunos americanos recebem ao realizar o projeto nos Estados Unidos.

Comentários no Facebook