Programa de Empreendedorismo Industrial vai investir R$ 2,79 milhões em novas soluções para empresas

Oito macro desafios estão sendo apresentados a sociedade para o desenvolvimento de novas soluções para grandes empresas do Estado.

0

O auditório estava lotado na noite desta sexta-feira (06) para o lançamento do Programa Findeslab de Empreendedorismo Industrial. Com o objetivo de promover a inovação aberta e o empreendedorismo no Espírito Santo, representantes de diversas empresas apresentaram seus desafios tecnológicos para a sociedade. As inscrições estão abertas e os projetos já podem ser enviados.

O objetivo é facilitar o acesso da indústria à inovação, promovendo as conexões que potencializem o desenvolvimento de soluções de alto impacto e gerem valor para a indústria e a sociedade, envolvendo a academia, o setor produtivo, o governo, investidores e os empreendedores de forma geral.

Publicidade Publicidade

Na abertura da cerimônia de lançamento, o vice-presidente da Findes, Luciano Raizer, destacou que o Programa se conecta ao novo momento do Espírito Santo. “Atores das instituições de ensino, do setor público e da iniciativa privada estão reunidos para atuarem de forma conjunta para a construção de um ecossistema de inovação sólido. O objetivo é tornar o Estado ainda mais competitivo”, ressaltou Raizer.

Para a sua operação, o Findeslab conta com o apoio de oito empresas parceiras (ArcelorMittal, CDTIV-PMV, Fortlev, ISH, Shell, Soma Urbanismo, Unimed e Vale) que investiram R$ 250.000,00, cada, além da Fapes com R$ 792.000,00. No total de R$ 2.792.000,00.

A primeira chamada do Programa Findeslab de Empreendedorismo Industrial conta com oito desafios lançados pelas empresas parceiras e toda a sociedade foi convidada para desenvolver um modelo de inovação aberta dessa solução.

Serão selecionadas até 20 startups para apresentarem suas ideias e destas, até 16 projetos de produtos, serviços, processos ou modelos de negócio inovadores podem seguir no programa, com aporte de até R$ 200 mil por projeto, bolsa de extensão tecnológica de R$ 2 mil mensais por 12 meses, além de todo o suporte do Senai e instituições parceiras em mentorias e capacitações.

Arcelor Mittal Tubarão: Transformação Digital na ArcelorMittal Tubarão por meio da Analítica Preditiva e Robótica.
CDTIV-PMV: Vitória – soluções para uma cidade mais humana e inteligente.
Fortlev: Tecnologias para melhorar a logística e distribuição de produtos, melhorar a experiência e ampliar a interface com os clientes nos pontos de venda.
ISH Tecnologia: IOT e visão computacional de baixo custo para o varejo.
Soma Urbanismo: Urbanismo Inovador – soluções de planejamento, gestão, processos e novos materiais.
Shell: Tecnologias para melhoria de processos logísticos e abatimento de CO2 em operações industriais.
Vale: Transformação digital na Vale por meio de tecnologias para melhor gestão, controle, monitoramento e manutenção de equipamentos.
Unimed: Tecnologias para potencializar a experiência do cliente no relacionamento com a Unimed Vitória, ampliando a satisfação com eficiência e agilidade desde o processo de aquisição até os processos de atendimento.

Conheça mais sobre os desafios e inscreva o seu projeto!
No escopo do programa, a Findes e o Senai-ES contam o apoio de Empresas Parceiras, que são as proponentes de desafios desta chamada. Também foram estabelecidas parcerias estratégicas com a Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes) por meio do Funcitec/MCI e o Senai Nacional por meio do Edital de Inovação para a Indústria que apoiará os projetos com recurso complementar dedicado ao desenvolvimento tecnológico.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.