A Secretaria da Educação (Sedu) por meio da Assessoria da Educação Especial realizou uma live com os três Centros de Atendimento a Pessoa Surda (CAS). A reunião virtual teve a participação de aproximadamente 280 profissionais. A live foi realizada na última terça-feira (23).

Mediada pela assessora da Educação Especial, Sumika Soares de Freitas, na ocasião foi apresentado o histórico dos CAS e o atual trabalho de orientação e acompanhamento aos professores especializados no período de pandemia. “Foi o início de um processo formativo e ampliaremos com demais momentos como esse”, disse Sumika.

Publicidade Publicidade

Centros de Atendimento a Pessoa Surda (CAS)

Destinado ao atendimento às pessoas com deficiência Auditiva (surdez ou baixa audição), foi criado pelo Ministério da Educação (MEC), no ano de 2005. O Espírito Santo conta com três CAS, nos municípios de Cachoeiro de Itapemirim, Vila Velha e Vitória.

Tem como atribuições: Atendimento Educacional Especializado com Instrutores de Libras; Atendimento Educacional Especializado nas áreas de conhecimento em Libras; Orientar e assessorar as famílias, escolas e comunidade em geral; Oferecer cursos de formação para professores na área da deficiência auditiva; Oferecer conhecimento e aprendizado de Libras Básico e Intermediário para comunidade em geral.

Comentários no Facebook