A divulgação dos melhores cafés produzidos em Cachoeiro será realizada em grande estilo, nesta quinta-feira (19), a partir das 18h, em plena Praça de Fátima, centro da cidade, com direito a degustação para o público e programação especial. É o evento Café na Praça, de premiação do Concurso de Qualidade e Sustentabilidade do Café Conilon 2019, promovido pela Prefeitura.

A abertura oficial das atividades, que vão ocorrer com entrada livre, no espaço do Circo da Cultura, será feita pelo secretário municipal de Agricultura e Interior, Robertson Valladão, e pelo prefeito Victor Coelho.

Publicidade Publicidade

Em seguida, haverá palestra técnica sobre “Como produzir um café campeão de qualidade”, com o professor doutor João Batista Pavesi, do Instituto Federal do Espírito Santo – campus de Alegre. Logo após, a partir das 20h, começa um bate-papo com o bicampeão do “Coffee of the Year”, maior premiação da cafeicultura nacional, Luis Claudio de Souza. Para encerrar, será feita a entrega dos cheques e troféus aos vencedores do concurso municipal.

Neste ano, 45 produtores inscreveram amostras, que estão concorrendo a R$ 18 mil em prêmios para os cinco primeiros colocados. Além disso, está sendo oferecido um bônus, que pode variar de R$ 1.250 a 7 mil, conforme a pontuação conquistada após uma avaliação sensorial.

Na primeira etapa, que aconteceu em outubro e novembro, foram avaliados quesitos como fragrância, sabor, finalização, amargor, acidez, salinidade, corpo, doçura, uniformidade e xícara limpa, para a definição de uma nota geral para cada amostra.

As dez melhores amostras classificadas receberam visitas de técnicos indicados pela comissão organizadora do concurso, que avaliaram a sustentabilidade da propriedade e classificaram os inscritos. Esses seguem na expectativa e aguardam a revelação dos ganhadores. Os demais 35, não classificados para a fase final, receberão laudos técnicos sobre sua amostra.

“Cachoeiro de Itapemirim tem cafés de excelente qualidade, com potencial para estar entre os melhores do país. Nossa meta, para 2020, é a de ter, pelo menos, um produtor cachoeirense entre os melhores do Brasil, no concurso anual “Coffee of the Year”, realizado em Belo Horizonte, Minas Gerais”, ressalta o secretário de Agricultura e Interior do município, Robertson Valladão.

Comentários no Facebook