A Prefeitura de Cachoeiro de Itapemirim realizou investimentos de R$ 44 milhões no município em 2019. O valor, o maior desde 2012, representa mais do que o dobro de investimentos municipais em 2018 (R$ 16,2 milhões), colocando Cachoeiro em sétimo lugar no ranking dos municípios capixabas.

Os números de 2019 constam na 26ª edição do anuário Finanças dos Municípios Capixabas, elaborado pela Aequus Consultoria. O documento apresenta dados da gestão fiscal das administrações locais referentes ao ano passado e antecipa análises para 2020, levando em conta o impacto que a pandemia do novo coronavírus deverá provocar na economia mundial.

Publicidade Publicidade

Do valor empenhado pela prefeitura de Cachoeiro em investimentos, no ano passado, R$ 26,6 milhões – ou seja, mais da metade – se referem a obras públicas e instalações, segundo a Secretaria Municipal de Fazenda (Semfa).

Com esse dinheiro, foram feitas ações de pavimentação e drenagem em dezenas de vias públicas, reforma e revitalização de praças e espaços de esporte e lazer e reparos e construções de unidades de saúde e ensino – como a escola municipal Olga Dias, no bairro Coronel Borges, e a Supercreche do Village da Luz.

“A enchente em janeiro e a pandemia de Covid-19 mudaram, completamente, o cenário para 2020. Mas, apesar de estarmos passando por um dos períodos mais desafiadores da história do município, temos de valorizar muito esses investimentos feitos em 2019, pois terão impacto duradouro e permitem projetar uma situação melhor para Cachoeiro no pós-pandemia. Além disso, o trabalho continua: não paramos com as obras fundamentais para os cachoeirenses”, afirma o prefeito Victor Coelho.

Captação de recursos

Ainda de acordo com o prefeito, o aumento expressivo nos investimentos públicos no município é reflexo, também, de uma política interna de captação de recursos, que vem sendo construída nos último anos.

“Para ampliar a capacidade de investimento do município, estruturamos um setor que se dedica, de forma contínua, à elaboração de projetos para captação de recursos de fontes externas diversas, como participação em editais e emendas parlamentares. Os valores captados nos últimos anos nos permitiram fazer muitas entregas à população, possibilitam o andamento de muitas melhorias e vão nos ajudar a continuar fazendo novos investimentos, mesmo em um ano cheio de adversidades para a gestão pública, como este”, afirma.

Comentários no Facebook