Os distritos de São Vicente, Conduru e Burarama agora contam com novas ambulâncias. Nesta terça-feira (3), o prefeito de Cachoeiro, Victor Coelho, acompanhado da secretária de Saúde, Luciara Botelho, entregou, de forma simbólica, as chaves dos veículos para representantes dos distritos, na Praça Jerônimo Monteiro.

Os veículos ficarão à disposição das comunidades, nas unidades básicas de saúde dos distritos, para remoções de urgência e emergência e transporte de pacientes acamados.

Publicidade Publicidade

“Agora, teremos um atendimento com mais comodidade e mais segurança, tanto para os pacientes como para nós, que trabalharemos nas ambulâncias”, disse o motorista e morador do distrito de Burarama, Evaldo Luz Gomes.

“Estamos reforçando toda a frota da secretaria, com o intuito de reduzir, até o próximo ano, mais de 80% dos nossos contratos de locação. Essas ambulâncias para os distritos foram muito esperadas e sabemos da importância dessas entregas. Todas as unidades, no interior e na sede, estão recebendo melhorias”, informa a secretária de Saúde, Luciara Botelho.

“Os investimentos em saúde chegam por todo o município, seja na cidade ou no interior. Nosso objetivo é promover um desenvolvimento equilibrado, com oportunidades iguais para todos. Há mais ações programadas para o interior, principalmente na área da saúde”, anuncia o prefeito Victor Coelho.

Investimentos no interior

Além dos veículos, a Prefeitura também faz outros investimentos na área da saúde dos distritos.
No distrito de Itaoca, o Pronto Atendimento passou por serviços de manutenção. Na Gruta e em Santa Fé, os pontos de apoio passam por melhorias estruturais. Nas localidades de Monte Verde e Independência, em São Vicente, além de melhorias nas instalações físicas, os pontos de apoio ganharam equipamentos e mobiliário novos. Em breve, esses serviços serão iniciados nas unidades de Pacotuba, Soturno e Coutinho.

Mais ambulâncias

De acordo com a Secretaria de Saúde, serão entregues mais quatro ambulâncias para as unidades de pronto atendimento em Cachoeiro, no início de 2020.

Comentários no Facebook