A convite dos Vereadores, o Prefeito de Castelo compareceu à sessão ordinária da noite desta terça-feira (11) onde prestou contas do mandato que completa 130 dias. João Paulo Nali (PTB) falou de suas ações durante os quatro primeiros meses do ano, fazendo um apanhado dos serviços prestados por todas as secretarias. Na sessão estavam presentes, além dos Vereadores e servidores da Casa de Leis, alguns Secretários e funcionários da Prefeitura.

Durante duas horas usando a tribuna, o prefeito destacou que está sendo um ano difícil pelo impacto da Pandemia do Novo Coronavírus, mas que já conseguiu grandes avanços. “Nossa diminuição mensal de gastos a partir do mês de maio será de 198 mil reais. Uma economia proveniente de aluguéis, terceirizações e cessões. Adotamos um novo modelo de gestão. Desde que assumimos só contratamos máquinas por 15 dias. Depois colocamos as nossas para funcionar e hoje todos os serviços são feitos com os nossos equipamentos, assim como utilizando mão de obra própria.”, disse João Paulo Nali.

Publicidade Publicidade

Nali informou também que está colocando vários outros equipamentos que estavam em desuso para funcionar como a fábrica de manilhas, a usina de asfalto e a fábrica de canos. “Não tenho vaidade em dizer que foi idealizado por mim ou pro outro gestor, o importante é bem servir à população de Castelo, fazer pelo bem comum, e, nesse caso, esses maquinários funcionando beneficiam principalmente o trabalhador rural”, enfatizou o Prefeito, dizendo aos Vereadores que essas eram também solicitações deles ao chefe do Executivo.

Os Vereadores presentes fizeram uso da palavra, elogiaram a prestação de contas do Prefeito e também deram sugestões. A legalização das casas da Cava Roxa, a criação do Centro de Atendimento ao Covid, o corte nas despesas, o projeto de reforma da rodoviária, as reformas dos prédios públicos, varrição e limpeza de ruas, podas de árvores, estruturação dos cemitérios do centro e de Aracuí, e as obras da UTI da Santa Casa Castelense foram algumas das ações citadas.

 

HOMENAGENS

No início da reunião plenária o Presidente Tiago de Souza (PTB) solicitou um minuto de silêncio em homenagem aos mortos pela covid-19 em Castelo. Ele citou que foram registrados 102 óbitos no município desde o início da Pandemia, de acordo com dados do Boletim Epidemiológico divulgado no dia dez de maio.

Também foram aprovados na sessão, por unanimidade e em regime de urgência pelos Vereadores, dois Projetos de Lei de autoria do Legislativo que prestam tributos. O primeiro, de nº15/2021, institui o dia 12 de maio como o Dia Municipal dos Profissionais da Área da Saúde. E, o segundo, de nº16/2021, institui o dia cinco de maio, o Dia Municipal em Memória das Vítimas da Covid 19. Agora ambos seguem para análise e sansão do Prefeito.

Reportagem: Letícia Gava / Ascom Câmara de Castelo

COMPARTILHAR
Artigo anteriorEDITAL DE LEILÃO PÚBLICO RURAL BENEFICIENTE
Próximo artigoBanestes registra lucro líquido recorrente de R$ 61 milhões no 1º trimestre, 35,8% superior em relação a 2020
Elan Costa é jornalista sob o registro MTE 3512/ES, articulista, marqueteiro político e estudante de direito. Atuou na Gerência de Jornalismo e Relações Públicas da Prefeitura de Guarapari, trabalhou como Jornalista Correspondente do Jornal A Tribuna, no Noroeste do ES, foi coordenador de comunicação na Câmara Municipal de Santa Teresa, assessor de comunicação na Amunes - Associação dos Municípios do ES -, e assessor político em diversos órgãos. É marqueteiro político, tendo atuado na campanha eleitoral para prefeito, em 2016, para deputado estadual em 2018, e novamente para prefeito e vereadores, em 2020. É fundador e proprietário do Jornal Regionalidades.

Comentários no Facebook