Por falta de sedativos, pacientes com Covid são amarrados em macas, no Amazonas

0
DETRAN VERÃO 21 Publicidade EMPÓRIO MARCENARIA
J. Regionalidades vc por dentro de tudo Publicidade Detran carnaval Publicidade Agência Solução
SESA Aedes Aegipty Publicidade CORONAVÍRUS - SESA Publicidade CAMPANHA VACINAÇÃO GRIPE Publicidade Publicidade Publicidade MAIO AMARELO 2020 Publicidade EMPATIA NO TRÂNSITO Publicidade EDUCAÇÃO NO TRÂNSITO JULHO/2020 Publicidade DENGUE NOV/2020 Publicidade BEBIDA E DIREÇÃO DEZ2020 Publicidade


source
Pacientes são amarrados em macas por falta de sedativos
Reprodução

Pacientes são amarrados em macas por falta de sedativos

Com falta de sedativos, pacientes graves de Covid-19 do Hospital Regional Dr. Jofre Matos Cohen, em Parintins, no interior do Amazonas, estão sendo amarrados com gazes nas próprias macas. O caso foi divulgado nesta segunda-feira (22) no “Jornal Nacional”, da TV Globo.

Publicidade Publicidade

A Secretaria de Saúde do estado nega ter recebido qualquer denúncia sobre a situação, mas o caso será investigado pela Defensoria Pública. 

O JN entrevistou a presidente da Associação Brasileira de Medicina Intensiva (AMIB), Suzana Lobo, que explicou que o procedimento não é errado. Lobo disse, ainda, que intubar pacientes sem sedação seria desumano,

“[Sem sedativos] A primeira coisa que pode acontecer é uma autoextubação, ele [paciente] tira o tubo. Isso pode levar a uma parada cardíaca (…)É desumano a gente imaginar uma pessoa que vai ser mantida numa ventilação mecânica sem estar sob analgesia e uma boa sedação. Ela vai sentir desconforto, ela vai sentir ansiedade, ela vai sentir medo… E tudo isso vai levar a consequências muito graves.” 

A prefeitura de Parintins  afirmou à reportagem que trata-se de um caso isolado que se deu por conta de um “surto psicótico” em um doente, e que este foi preso “por sua segurança”.

A Secretaria de Saúde de Parintins negou a falta de sedativos, apesar da alta demanda. No entanto, a Secretaria Estadual de Saúde (SES-AM) confirmou ter recebido no sábado (20) um pedido por sedativos de Parintins, que, segundo órgão, foi cumprido no mesmo dia. 

Parintins é hoje o terceiro município amazonense mais atingido pela covid-19, com 8.269 casos de Covid-19 e 260 mortes.

Fonte: IG SAÚDE

COMPARTILHAR
Artigo anteriorMPF abre inquérito contra Pazuello por improbidade administrativa; entenda
Próximo artigoEmirates opera primeiro voo com todos os funcionários vacinados
Elan Costa
Elan Costa é jornalista sob o registro MTE 0003512/ES, articulista e estudante de direito. Atuou na Gerência de Jornalismo e Relações Públicas da Prefeitura de Guarapari, trabalhou como Jornalista Correspondente do Jornal A Tribuna, no Noroeste do ES, foi coordenador de comunicação na Câmara Municipal de Santa Teresa, assessor de comunicação na Amunes - Associação dos Municípios do ES -, e assessor político em diversos órgãos. É marqueteiro político, tendo atuado na campanha eleitoral para prefeito de Guarapari em 2016, além de coordenador de campanha eleitoral para deputado estadual em 2018. Fundador e proprietário do Jornal Regionalidades.

Comentários no Facebook