Delegacia de Prevenção e Repressão a Entorpecentes (Depre) deflagrou ao longo desta semana a Operação Holofote, que prendeu duas mulheres e quatro homens, dando cumprimento a seis dos sete mandados de prisão preventiva que tinham como objetivo desarticular grandes traficantes que atuavam na Zona Norte de Teresina.

Segundo o coordenador da Depre, delegado Menandro Pedro, foi constatado que todos os homens presos são reincidentes tendo passagens na polícia por crimes como tráfico de drogas, roubo a banco e explosão de caixas eletrônicos.

Publicidade Publicidade

“Pudemos perceber que apesar de reincidentes, estes homens não pararam de traficar. Três deles usavam tornozeleira eletrônica, ou seja, mesmo monitorados ele continuaram cometendo crimes. Quando a venda de drogas diminuía, eles migravam para outros crimes como o roubo de bancos e caixas eletrônicos”, disse.

Durante as prisões, foram apreendidos cerca de três quilos de drogas, uma balança de precisão, dinheiro em espécie e uma moto.

Ainda de acordo com Menandro Pedro, as provas que levaram a prisão da quadrilha são de grande importância já que foi por conta das investigaçõesinciadas há dois anos e das evidências colhidas, que os mandados foram expedidos.

“Provamos ao Ministério Público e ao Judiciário que investigação não tem prazo definitivo. A inteligência funcionou ao longe desse tempo conseguindo testemunhas, fotos e filmagens. Isso tudo leva tempo, um bom trabalho leva tempo”, finalizou.

Comentários no Facebook