De acordo com um estudo britânico, divulgado esta sexta-feira e citado pela Reuters, atrasar a segunda dose da vacina da Pfizer-BioNTech contra a Covid-19 para 12 semanas após a primeira injeção, aumenta a resposta dos anticorpos em pessoas mais velhas.

“O nosso estudo demonstra que as respostas dos anticorpos após a segunda vacina Pfizer são significativamente aumentadas em pessoas mais velhas quando adiada para 12 semanas”, disse a autora do estudo Helen Parry, da Universidade de Birmingham.

Publicidade Publicidade

O estudo, que ainda não foi revisto por pares, analisou 175 pessoas com idades entre 80 e 99 anos e descobriu que estender o intervalo da segunda dose para 12 semanas aumentou o pico da resposta de anticorpos em 3,5 vezes, em comparação com aqueles que receberam a segunda dose após as três semanas .

O estudo é mais uma evidência a favor da abordagem do Reino Unido.

Comentários no Facebook