Mais de 25 quilos de peixes foram doados ao asilo Lar dos Idosos, em Vitória, e Casa de Acolhimento Provisório (CAP), em Viana, pela Penitenciária Agrícola do Espírito Santo (Paes). As entregas ocorreram, nessa terça-feira (28) e manhã desta quarta-feira (29), respectivamente. A Paes possui um criadouro de peixes na unidade prisional onde são cultivadas espécies como tilápia, pacú, carpa, entre outros alevinos. Além dos peixes, as entidades receberam 600 espigas de milho, sendo 300 unidades para cada.

Internos que cumprem pena em regime semiaberto desempenham papel importante na alimentação e manejo dos peixes, criados em um lago com água natural dentro da penitenciária. Toda a produção do local é doada a instituição beneficente.

Publicidade Publicidade

A diretora da unidade prisional, Leizielle Marçal, destaca os benefícios gerados com as doações e o trabalho dos internos. “É visível a satisfação tanto dos indivíduos privados de liberdade quanto da sociedade beneficiada com essas doações. O preso, por exemplo, passa a perceber que é mais vantajoso manter-se disciplinado para ter a oportunidade de trabalho, de ajudar o próximo, e ainda, remir a pena”, explica.

Somente neste ano, vários produtos cultivados na unidade prisional já foram doados a instituições. Entre as doações estão milho, hortaliças e ervas para chá, tais como manjericão, hortelã, camomila, entre outras.

Comentários no Facebook