Partidos políticos têm até o próximo dia 21 para definirem seus candidatos para a eleição suplementar que deve ocorrer no próximo dia 27 de outubro, em Castelo, no Sul do Estado.

De acordo com informações do Tribunal Regional Eleitoral do Espírito Santo (TRE-ES), as convenções deverão acontecer entre 16 a 21 deste mês, além disso poderão registrar candidatura os candidatos de partidos políticos que tenham registrado seu estatuto até seis meses antes do pleito e que ainda estejam registrados no Tribunal Superior Eleitoral, e tenham, até a data da convenção, órgão de direção constituído no município, devidamente anotado no TRE-ES.

Publicidade Publicidade

Além da candidatura do ex-prefeito Jair Ferraço (PSD), que foi confirmada recentemente durante reunião em São Paulo com o ex-ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, presidente nacional do PSD, quem também já está com a candidatura declarada é o advogado e assessor especial do deputado estadual e correligionário Adilson Espíndula (PTB), João Paulo Nali.

Ao site do Jornal Regionalidades o presidente estadual do PSDB, deputado Marcos Mansur, informou que o partido está avaliando três nomes e que o mesmo não abre mão de disputar a “cabeça de chapa”.

“O partido já tem uma decisão tomada, tanto nesta eleição suplementar quanto na eleição de 2020 que será definitiva, o partido decidiu que vai lançar a cabeça de chapa, já que o partido colaborou em outras três eleições em Castelo, alinhado com outros partidos para vim como vice. E chegou o momento que agora a gente precisa ser protagonista nessa história”, disse.

Em relação ao candidato do partido o tucano preferiu não revelar o nome até que o mesmo seja de fato definido, uma vez que este nome também está sendo ajustado com outros partidos aliados.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorPrevisão do tempo: segunda-feira de sol entre poucas nuvens em todo o Estado
Próximo artigoDança dos vices: Paulo Ivan e Gerson Piassi lideram a lista dos mais cotados
Elan Costa é jornalista sob o registro MTE 3512/ES, articulista, marqueteiro e consultor político, estudante de direito e vice-presidente da Adjori/ES - Associação dos Jornais do Interior do Espírito Santo - eleito para o biênio 2021-2023. Atuou na Gerência de Jornalismo e Relações Públicas da Prefeitura de Guarapari, trabalhou como Jornalista Correspondente do Jornal A Tribuna, no Noroeste do ES, foi coordenador de comunicação na Câmara Municipal de Santa Teresa, assessor de comunicação na Amunes - Associação dos Municípios do ES -, e assessor político em diversos órgãos. É marqueteiro político, tendo atuado na campanha eleitoral para prefeito, em 2016, para deputado estadual em 2018, e novamente para prefeito e vereadores, em 2020. É fundador e proprietário do Jornal Regionalidades.

Comentários no Facebook