Operação Força Pela Vida aborda mais de 300 veículos na Grande Vitória

0

A primeira operação integrada de fiscalização e educação de trânsito “Força pela Vida”, realizada na noite dessa sexta-feira (5), em seis pontos da Grande Vitória, abordou 330 veículos. Foi o início de um conjunto de ações que serão realizadas pelo Governo do Estado para reforçar a fiscalização e coibir infrações e ilícitos relacionados ao trânsito e aos veículos, de forma contínua e integrada, bem como contribuir por meio da educação de trânsito para a melhoria dos padrões de comportamento de motoristas.

A ação integrada abordou veículos e pessoas nas ruas e contou com agentes de educação de trânsito do Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES), além dos efetivos da Polícia Militar, por meio do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran), Polícia Civil, Polícia Rodoviária Federal (PRF) e das Guardas Municipais de Vitória, Vila Velha e Serra.

Publicidade Publicidade

As equipes, distribuídas em seis pontos de Fiscalização em Vitória, Vila Velha e Serra, realizaram 279 testes de alcoolemia (bafômetro) e abordaram 330 veículos. Durante a operação, foram lavrados 71 autos de infração de condutores dirigindo sem possuir habilitação ou com o direito de dirigir suspenso. Um total de 17 veículos foram removidos. Os condutores também foram abordados pela equipe de Educação do Detran|ES com orientações importantes para um trânsito mais seguro para todos.

O gerente de Veículos do Detran|ES, Cleber Bongestab, considerou positiva a primeira operação. “Reunimos as forças dos órgãos envolvidos e mostramos aos capixabas que estamos nas ruas com um trabalho de fiscalização e educação para corrigir os comportamentos no trânsito que ameaçam a vida das pessoas. Também vamos tentar coibir ilícitos que possam comprometer a capacidade de condução dos motoristas e vistoriar a segurança dos veículos que utilizam as vias na Grande Vitória”, afirmou.

Segundo ele, essa foi a primeira de muitas operações do Programa “Força pela Vida” e serviu de laboratório para um modelo de fiscalização eficiente e seguro. “Para que os capixabas não tenham que chorar seus mortos e feridos em acidentes de trânsito que, na maioria das vezes, podem ser evitados. Ações como essa são importantes para aumentar a segurança do cidadão e resultam na redução de acidentes e em vidas salvas, que é o nosso objetivo principal”, destacou.

O comandante do BPTran, tenente-coronel Glariston Fonseca Nascimento, também considerou que a primeira operação integrada ‘Força pela Vida’ foi  um sucesso: “O trabalho em conjunto permitiu o emprego otimizado de recursos e maximizou os resultados. A ação fiscalizatória com foco na Lei Seca cumpre um papel importante de segurança viária, autuando os condutores que são flagrados dirigindo sob o efeito do álcool, ou ainda os que recusam a se submeter ao teste de etilômetro”, afirmou.

Na opinião do tenente-coronel, as ações dessa natureza conscientizam o cidadão que é preciso respeitar as normas de trânsito. “E o que considero como principal, que é evitar acidentes, lesões e mortes no trânsito, visto que há uma forte correlação entre estes e o uso de bebidas. Também chamo a atenção para os condutores flagrados dirigindo sem a devida habilitação, o que é um ato irresponsável e de muita gravidade. Estamos planejando outras operações, também de caráter educativo, em dias e horários variados, visando sempre a preservação da vida”, disse.

Para o delegado Maurício Gonçalves da Rocha, titular da Delegacia Especializada de Delitos de Trânsito, participar da materialização do “Força Pela Vida” foi uma experiência extraordinária. “O programa é um marco importantíssimo para as forças de segurança e sociedade civil envolvidas na redução e controle da violência no trânsito. O que antes era bem feito, de forma isolada, agora, com a efetivação do programa está sendo realizada de forma excelente. Esta unificação das ações das instituições, com definição de procedimentos e metas, com todos focados na prevenção e educação, vai levar o Estado a alcançar o objetivo final, que é o de salvar vidas no trânsito”, enfatizou.

“Força pela Vida”

O formato da operação Força pela Vida foi apresentado no último dia 25, em evento no Palácio Anchieta, que contou com representantes de instituições estaduais, federais e municipais que compreendem o Sistema Nacional de Trânsito, dentre outras.

Compõem também o Comitê Integrado que planeja e executa as operações: Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social (Sesp); Corpo de Bombeiros; Secretaria de Estado da Saúde (Sesa); Departamento de Estradas de Rodagem (DER-ES); Conselho Estadual de Trânsito; Instituto de Pesos e Medidas (Ipem-ES); e Companhia Estadual de Transportes Coletivos de Passageiros (Ceturb-ES).

Abaixo os dados completos da Operação “Força pela Vida”:

– Veículos abordados: 330

– Testes de alcoolemia: 279

– Recusa ao teste do etilômetro: 03

– Embriaguez (Administrativo): 01

– Autos de infração confeccionados: 71

– Condutores não habilitados: 08

– Direito de dirigir suspenso: 06

– CRLVs recolhidos: 04

– CNHs recolhidas: 09

– Veículos removidos: 17

Pontos de abordagem:

– Vila Velha: Av. Carlos Lindenberg e Av. Antonio Gil Veloso

– Vitória: Av. Dante Michelini e Rua Pedro Nolasco (Vila Rubim)

– Serra: Av. Norte Sul e Av. Eudes Scherer de Souza (Colina de Laranjeiras)

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.