EMPÓRIO MARCENARIA
J. Regionalidades vc por dentro de tudo Publicidade Detran carnaval Publicidade Agência Solução
SESA Aedes Aegipty Publicidade CORONAVÍRUS - SESA Publicidade CAMPANHA VACINAÇÃO GRIPE Publicidade Publicidade Publicidade

Guaçuí teve seu oitavo caso de Covid-19 confirmado na noite desta terça-feira (28). Com isso, o município soma oito casos em seis dias, depois de anunciado o primeiro caso. O boletim divulgado pela Vigilância Epidemiológica, da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), já no final da noite, traz oito casos confirmados, de um total de 56 casos notificados, no município, além de 29 casos suspeitos aguardando resultado e outros 19 descartados por laboratório.

A Vigilância não está mais passando informações pessoais sobre as pessoas infectadas. Todos os casos estão sendo monitorados e aqueles que não estão internados se encontram em isolamento social, em suas residências. Segundo a Vigilância Epidemiológica de Guaçuí, as pessoas que tiveram contato com esses pacientes também estão sendo monitoradas.

Publicidade Publicidade

Com esse total, Guaçuí fica entre os quatro municípios que apresentam mais casos no sul do Estado. No boletim da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), Guaçuí aparecia com um caso confirmado a menos do que no boletim da Semus, o que vinha gerando dúvidas na população. Contudo, isso aconteceu apenas por uma questão técnica e, em breve, estará atualizado, agora, com oito casos confirmados, tanto no boletim do município quanto do estado.

Guaçuí tem, agora, o mesmo número de casos confirmados de Bom Jesus do Norte, considerado como de Risco Alto pelo Mapa de Gestão de Risco do Governo do Estado. Com mais casos do que os dois, estão Alfredo Chaves (16 casos), Marataízes (11) e Cachoeiro de Itapemirim (10). O Mapa de Gestão de Risco, feito pelo Governo do Estado, estabelece medidas qualificadas em cada município na prevenção à Covid-19. O mapa leva em consideração o número de casos registrados, em proporção com a população, e os municípios estão divididos em três grupos de risco (Baixo, Moderado e Alto). Agora, é preciso esperar o fechamento do Mapa de Gestão da semana, para ver se houve mudança na classificação dos municípios.

Risco

Por enquanto, Guaçuí está classificado como Risco Baixo. Por isso, o comércio voltou a funcionar, no dia 22, com horário reduzido, das 10 às 17 horas, e mantendo a média de um cliente para cada 10 metros quadrados (m²). Os funcionários têm que utilizar máscaras, obrigatoriamente, e ser observado o distanciamento social nas filas (pelo menos um metro de distância entre cada pessoa). Supermercados, bares, lanchonetes, academias, reuniões públicas, cultos religiosos, teatro, biblioteca e atividades esportivas continuam com as orientações já especificadas em decretos publicados pelo estado e município.

No transporte público, as empresas têm que manter a higienização de veículos em nível Covid-19, providenciar a proteção obrigatória para tripulação (máscaras, álcool e luvas), instalar dispositivos de álcool em gel nos terminais e manter o distanciamento entre pessoas em filas para embarque. E a Prefeitura irá realizar o monitoramento de casos suspeitos e infectados, além de instalar o Sistema de Comando de Operações, assim como elaborar o plano de contingência e realizar barreiras sanitárias.

Ao mesmo tempo, a população tem que manter isolamento social (principalmente as pessoas que fazem parte do grupo de risco) e quem sair para a rua tem que manter o distanciamento social (para todos os casos), além de usar máscaras e seguir as medidas de higiene. No dia 22, a Prefeitura de Guaçuí publicou o decreto 11.375/2020 que torna obrigatório o uso de máscara facial durante o deslocamento de pessoas em todo o município, em estabelecimentos comerciais e repartições públicas.

Essa obrigação vai ser cada vez mais cobrada à população e poderá se chegar à cobrança de multa, se não houver obediência ao que está determinado. E a população também pode colaborar, denunciando o descumprimento dessas medidas e orientações, inclusive aglomerações. A denúncia pode ser feita, apenas por mensagens, pelo telefone (28)99923-9942.

Comentários no Facebook