O MPES vem atuando diuturnamente para combater os crimes contra a ordem tributária. Em entrevista ao Bom dia ES, da TV Gazeta, o promotor de Justiça Luis Felipe Scalco Simão falou do trabalho desenvolvido pelo Comitê Interinstitucional de Recuperação de Ativos (Cira), atualmente presidido pelo MPES, para investigar fraudes tributárias e omissão no recolhimento de impostos.

Nos últimos cinco anos, o comitê, integrado também pela Secretaria da Fazenda, Procuradoria-Geral do Estado e Polícia Civil, apurou que 16 mil empresas capixabas deixaram de repassar o ICMS à Receita Estadual, dando prejuízo de R$ 56 bilhões aos cofres públicos.

Publicidade Publicidade

Confira a entrevista:

Comentários no Facebook