Desde o início da pandemia da Covid-19, o MPES vem acompanhando semanalmente casos de pessoas contaminadas em Instituições de Longa Permanência de Idosos (ILPIs) no Espírito Santo.

Em entrevista ao ES no Ar, da TV Vitória, a promotora de Justiça Elaine Costa de Lima, dirigente do Centro de Apoio Cível e de Defesa da Cidadania (CACC), falou do trabalho de fiscalização e de monitoramento desses locais. O MPES tem atuado para que todas as instituições sejam abastecidas com os equipamentos de proteção individual (EPIs) necessários, bem como para que os funcionários sejam capacitados para enfrentar a pandemia.

Publicidade Publicidade

Tem requisitado, ainda, que os municípios adotem providências alternativas à institucionalização de novos idosos nas ILPIs já em funcionamento, uma vez que um novo acolhimento pode representar risco para os idosos já residentes.

Confira a entrevista:

Comentários no Facebook