O projeto Mostra de Vídeos Curtas Ambiental foi o primeiro colocado do Prêmio Boas Práticas Gerson Camata, na categoria Cidade para as pessoas

Na semana passada, mais precisamente nos dias 27 e 28 de novembro, a Amunes realizou o 8º Congresso Gestão das Cidades, no Centro de Convenções de Vila Velha, quando também foi divulgado o resultado final do Prêmio Boas Práticas Senador Gerson Camata. E a Prefeitura de Guaçuí ratificou a prioridade da atual administração de cuidar da cidade como se cuida de nossas casas, classificando um projeto da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semmam) em primeiro lugar, na categoria “Cidade para as pessoas”.

O projeto vencedor foi o Mostra de Vídeos Curtas Ambiental, da Semmam, e estavam presentes à premiação, a prefeita Vera Costa e o secretário de Meio Ambiente, Roberto Martins, acompanhados da equipe da Secretaria. Todos estavam muito emocionados. “Ficamos muito felizes, porque conseguimos a proeza de emplacarmos, na final, dois projetos de Guaçuí, nesse importante evento que tem o objetivo de reconhecer projetos inovadores que proporcionem benefício perceptível para a sociedade e que possam ser disseminados em outras cidades”, disse Martins. “Agradeço a Deus, à prefeita Vera Costa, aos membros da Semmam, a todos da Prefeitura e todos aqueles comprometidos com a educação ambiental em nosso município, que é referência”, completou.

Publicidade Publicidade

A prefeita Vera Costa também manifestou sua alegria e agradecimento por mais uma conquista do município. “Esse é um projeto que amo demais e só tenho a agradecer a todos os envolvidos, começando por nossos alunos e professores que são parte essencial para a realização dos vídeos, e também ao Roberto Martins e toda equipe da Semmam, sem esquecer o Weriton Soroldoni – hoje, o controlador geral do município – que iniciou o projeto (quando esteve à frente da Secretaria de Meio Ambiente)”, afirmou.

Antes, Roberto Martins apresentou os projetos e foi sabatinado por uma banca composta por 16 avaliadores, no dia 21, e o resultado final foi divulgado na 8ª edição do Congresso Gestão das Cidades, realizado pela Amunes, que reuniu mais de quatro mil pessoas, no Centro de Convenções de Vila Velha, nos dias 27 e 28 de novembro. Durante o congresso, também foi promovida uma série de capacitações para os prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, secretários municipais, servidores e empregados públicos, além de representantes de entidades de classe, entidades sem fins lucrativos, instituições financeiras, instituições de ensino e estudantes presentes. O objetivo do evento, segundo a Amunes, é contribuir para o aprimoramento das administrações municipais.

A premiação do Prêmio Boas Práticas Senador Gerson Camata aconteceu na cerimônia de encerramento do congresso, quando foram escolhidas as boas práticas nas categorias “Cidade para as pessoas”, “Finanças Municipais”, “Governança Municipal” e “Tecnologia e Inovação”. Os projetos que ficaram com o terceiro e segundo lugar, em cada categoria, receberam um certificado, enquanto os que conquistaram a primeira colocação foram premiados com certificados, o valor de R$ 5 mil e uma viagem para conhecer uma boa prática fora do estado.

Dos 283 projetos inscritos, 153 preencheram os requisitos de conformidade e foram analisados pela banca, sendo 24 os selecionados como finalistas. A Semmam levou, para a final, dois projetos: Troca Sustentável e Projeto Educacional Mostra de Vídeos Curtas Ambiental. Os dois na mesma categoria: Cidades para as pessoas. E a banca julgadora era formada por representantes do Ministério Público Estadual, Secretaria de Controle e Transparência (Secont), Secretaria de Planejamento (SEP), Secretaria de Estado de Saúde (Sesa), Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz), Secretaria de Gestão e Recursos Humanos (Seger), Ufes, Ifes, Cesan, Sebrae ES, Conselho Regional de Administração (CRA), Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Espírito Santo (Crea), Banestes, Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes) e Diário Oficial do Espírito Santo (DIO-ES).

Comentários no Facebook