Moradores de Castelo vão contar com tratamento por hemodiálise na Santa Casa do município

0
EMPÓRIO MARCENARIA
J. Regionalidades vc por dentro de tudo Publicidade Detran carnaval Publicidade Agência Solução
SESA Aedes Aegipty Publicidade CORONAVÍRUS - SESA Publicidade

Pacientes com doença renal crônica de Castelo poderão fazer tratamento em um centro de atendimento mais perto de casa, em vez de terem de se deslocar a Cachoeiro de Itapemirim.

A unidade da “Princesa do Sul” também receberá novos equipamentos, como aparelhos de raio-X, num investimento total de R$ 2,2 milhões para os dois centros médicos.

Publicidade Publicidade

O superintendente da Santa Casa de Misericórdia de Cachoeiro, Padre Evaldo, explica que o setor de hemodiálise na unidade é referência no Sul do Espírito Santo. E, com a emenda da senadora Rose, o hospital vai conseguir ampliar o serviço para a filial de Castelo, com a mesma qualidade de atendimento. Serão R$ 325 mil para a compra dos equipamentos de hemodiálise. 

“Os moradores dos municípios vizinhos não vão mais precisar se deslocar até Cachoeiro para fazer esse tratamento. É uma conquista não só da Santa Casa, mas também de todos os pacientes que dependem da hemodiálise para viver. E isso será possível também com a ajuda da senadora Rose de Freitas, que tem sido uma grande parceira da nossa instituição no sentido de melhorar a qualidade de vida das pessoas que precisam do nosso atendimento”, destacou Padre Evaldo.

A hemodiálise é um procedimento de filtragem do sangue por meio de uma máquina que substitui o trabalho de um rim. Portadores de doença renal crônica devem passar por sessões semanais que levam horas.

Novos equipamentos
A Santa Casa de Cachoeiro vai adquirir dois aparelhos de raio-X móveis e um fixo digital (R$ 730 mil), duas mesas cirúrgicas elétricas (R$ 110 mil), um arco cirúrgico (R$ 703 mil), um aparelho de anestesia com monitor (R$ 175 mil) e três centrífugas laboratoriais (R$ 14,4 mil).

A unidade também vai receber equipamentos para o tratamento e acompanhamento de pacientes cardíacos: serão dois monitores multiparâmetros (R$ 49,6 mil), seis eletrocardiógrafos (R$ 51 mil) e dois cardioversores (R$ 42 mil).

Climatização
A equipe da unidade de Cachoeiro também comemorou a instalação do ar condicionado no final de dezembro. Todas as enfermarias do SUS foram climatizadas, garantindo mais conforto para o tratamento dos pacientes. O recurso de R$ 600 mil para a climatização foi destinado pela senadora Rose. 

“A enfermaria está ótima. Os doentes estão bem cuidados. Nós temos muito que agradecer à senadora por tudo que tem nos ajudado aqui na Santa Casa”, disse Irmã Otília, em um vídeo de agradecimento à senadora. 

Comentários no Facebook