Meio Ambiente envia 3.500 latinhas de alumínio para reciclagem em Guaçuí

0
A Semmam de Guaçuí realizou a entrega de 3.500 latinhas de alumínio para a Asguamar, na manhã desta quarta-feira (11). (Divulgação Semmam)
EMPÓRIO MARCENARIA
J. Regionalidades vc por dentro de tudo Publicidade Detran carnaval Publicidade Agência Solução
SESA Aedes Aegipty Publicidade CORONAVÍRUS - SESA Publicidade CAMPANHA VACINAÇÃO GRIPE Publicidade Publicidade Publicidade MAIO AMARELO 2020 Publicidade EMPATIA NO TRÂNSITO Publicidade

A ação faz parte da segunda fase do Projeto Troca Sustentável, onde latas trocadas por mudas nativas da Mata Atlântica

Na manhã desta quarta-feira (11), a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semmam) de Guaçuí realizou a entrega de 3.500 latinhas de alumínio para a Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis do Município de Guaçuí (Asguamar). A ação faz parte da segunda fase do Projeto Troca Sustentável.

O projeto visa envolver a sociedade em geral nos dois grandes desafios da humanidade que é o de aumentar a cobertura vegetal nas zonas urbana e rural, principalmente em áreas degradadas e áreas de nascentes, e estimular o descarte correto do lixo por meio da reciclagem, por meio de uma educação ambiental na prática. O objetivo é diminuir a produção de rejeitos e o seu acúmulo na natureza, reduzindo o impacto ambiental e gerando renda. O projeto Troca Sustentável foi finalista do Prêmio Boas Práticas promovido pela Associação dos Municípios do Espírito Santo (Amunes), ficando entre os seis melhores na categoria “Cidade para as pessoas”.

Publicidade Publicidade

A primeira fase do projeto teve o seu início em outubro, quando logo após a divulgação por meio de mídias sociais, um grande público de todas as idades, incluindo escolas, procuraram de a Semmam, levando suas latinhas de alumínio e sendo cadastradas para trocarem as latas por mudas nativas da Mata Atlântica. Em cerca de 40 dias, segundo a Secretaria, foram recolhidas 2.400 latinhas, por meio da troca, esgotando as 200 mudas até então disponíveis.

Nessa primeira fase, cada cidadão ou entidade trocava 12 latas por uma muda nativa. Na segunda fase, que teve início no dia 1º de novembro, a quantidade de latas é de 20 para cada muda nativa, onde serão recolhidas, ao final, 6.000 latinhas, visto que nesta fase estarão disponíveis 300 mudas de ipês doadas, em sistema de parceria, por uma empresa do município.

Segundo o secretário de Meio Ambiente, Roberto Martins, “os resultados significativos atingidos foram a intensa participação e, consequentemente, a aceitação da população, com uma procura muito além da oferta”. “Essa atitude da comunidade foi a base para a execução da segunda fase do projeto, a partir do mês de novembro, com uma oferta ainda maior de mudas e, em consequência, um maior recolhimento de latinhas, mostrando ser viável o projeto, não só pelo seu custo baixíssimo, mas pelo alcance ambiental, diante dos desafios de envolver a população na preservação do meio ambiente”, informou.

Troca

Quem deseja trocar as latinhas pelas mudas deve levar o material até a Secretaria Municipal de Meio Ambiente que fica localizada na Praça da Igreja Matriz, nº 74, sala 102, Centro de Guaçuí, de segunda a quinta-feira, das 8 às 11 horas e das 13 às 17h30, e sexta-feira, das 8 às 11 horas e das 13 às 17 horas. Informações também podem ser conseguidas pelo telefone (28)3553-2462.

Comentários no Facebook