O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) negou, na manhã desta quinta-feira (08), o recurso pleiteado pela defesa do prefeito de Castelo, Luiz Carlos Piassi (MDB), contra uma decisão que cassou seu mandato e também do vice, Pedro Nunes (PSDB).

De acordo com o TSE, uma nova eleição para prefeito deverá ser convocada nos próximos dias. Já a data ficará a cargo do Tribunal Regional Eleitoral do Espírito Santo (TER-ES).

Publicidade Publicidade

Piassi foi considerado inelegível, por isso a chapa havia sido cassada. Em março do ano passado o TER manteve a cassação que foi aplicada em 2017 pelo juiz eleitoral de Castelo.

Confira como votou o Ministro Luiz Roberto Barroso:

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.