Irmã critica estilista por expor imagem de Marielle sem licença no SPFW

0

O estilista Ronaldo Fraga levou à São Paulo Fashion Week na última sexta-feira (26) uma coleção inspirada nos painéis Guerra e Paz, de Candido Portinari. Entre as peças utilizadas pelos modelos, algumas continham o rosto de Marielle Franco, vereadora do Rio de Janeiro assassinada no ano passado, com marcas de tiro, sangue e um alvo na testa.

A irmã da política, Anielle Franco, utilizou o Instagram para questionar o estilista. “Alguém falou com algum membro da família para usar a imagem dela assim? Não que eu, irmão, saiba“, argumentou. Disse ainda que a imagem de Marielle estava sendo utilizada como marketing.

Publicidade Publicidade

Com a repercussão negativa, o estilista mineiro também foi às redes sociais para se explicar. Fraga afirmou que entrou em contato com Anielle e relatou que “a luta dos dois era a mesma”. Ainda comentou a motivação para sua coleção:”Se Portinari fosse pintar o Guerra e Paz hoje, com certeza não iria ignorar o genocídio de negros e pobres nesse país.

Depois do contato de Fraga, Anielle encerrou a polêmica. “Ele me explicou o que o motivou a fazer tal coleção. Disse que tais itens não serão comercializados e que ainda serão enviados aos meus pais“, contou. Finalizou falando que espera que o episódio sirva de lição, e que a família não permitirá que a imagem de Marielle seja utilizada de forma indevida.

Comentários no Facebook