O Instituto de Pesos e Medidas do Estado do Espírito Santo (Ipem-ES), órgão delegado do Instituto de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) no Estado, realizou, na última segunda-feira (04) e nesta sexta-feira (08), uma Operação Especial de fiscalização em lojas que comercializam brinquedos e outros artigos infantis. A equipe de fiscalização visitou sete pontos comerciais na Região Metropolitana da Grande Vitória e não encontrou produtos irregulares.

Foram fiscalizados 820 brinquedos, 50 dispositivos de retenção infantil, a cadeirinha veicular, 20 bicicletas de uso infantil, 50 produtos têxteis, 22 cadeiras de alimentação infantil, dez carrinhos de bebê e outros produtos correlacionados.

Publicidade Publicidade

O diretor-geral do Instituto de Pesos e Medidas do Estado do Espírito Santo, Rogerinho Pinheiro, orienta que antes da aquisição de brinquedos, os consumidores devem verificar a presença do selo de identificação da conformidade, o selo do Inmetro. Quanto aos produtos têxteis, é importante observar a etiqueta na embalagem contendo as informações do fabricante, a composição do produto e os modos de conservação do mesmo.

Pinheiro explicou que o selo do Inmetro garante que produto atende aos mínimos requisitos de segurança, não submetendo as crianças aos riscos de produtos fabricados com tintas que soltam metais pesados ou produtos que podem vir a causar acidentes de consumo durante o uso. “Nos produtos têxteis, a etiqueta indica a responsabilidade em caso de uso de materiais diferentes do declarado pelo fabricante e a perda do produto de forma rápida, mesmo utilizando os métodos corretos de conservação”, acrescentou.

Se o consumidor encontrar mercadorias fora do estabelecido acima, deve fazer uma denúncia por meio do telefone 0800 039 1112 ou pelo sítio eletrônico www.ipem.es.gov.br.

Comentários no Facebook