Interessados em participar da segunda edição do Sistema de Seleção Unificada (SiSU) deste ano devem ficar atentos: entre os dias 2 e 10 de maio as Instituições de Ensino Superior (IES) públicas do país assinam o Termo de Adesão ao processo seletivo. A publicação do edital foi divulgada nesta sexta-feira (26), no Diário Oficial da União (DOU). Segundo o cronograma, também haverá um período para a retificação do documento, entre os dias 13 e 17 de maio, às 23h59.

A etapa é importante para os estudantes porque, neste período, será definida a quantidade de vagas ofertadas no SiSU 2019.2. Na primeira edição deste ano, foram disponibilizadas 235.461 oportunidades em 129 instituições públicas de ensino – entre universidades, institutos federais e faculdade municipal. É preciso ficar atento também, ao fato, de que a assinatura eletrônica e todos os demais procedimentos devem ser feitos no sistema Sisu Gestão.

Publicidade Publicidade

O edital esclareceu ainda que a seleção dos candidatos às vagas será realizada exclusivamente com base na nota do Enem – Exame Nacional do Ensino Médio – obtida pelos participantes. A pontuação pode ainda ser utilizada em processos seletivos válidos para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e o Programa Universidade para Todos (Prouni).

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

COMPARTILHAR
Artigo anteriorGoverno Federal anuncia R$ 1 bilhão para o agronegócio
Próximo artigoEncontrado bebê que foi levado pelo pai para São Paulo
Elan Costa
Elan Costa é jornalista sob o registro MTE 3512/ES, articulista, marqueteiro político e estudante de direito. Atuou na Gerência de Jornalismo e Relações Públicas da Prefeitura de Guarapari, trabalhou como Jornalista Correspondente do Jornal A Tribuna, no Noroeste do ES, foi coordenador de comunicação na Câmara Municipal de Santa Teresa, assessor de comunicação na Amunes - Associação dos Municípios do ES -, e assessor político em diversos órgãos. É marqueteiro político, tendo atuado na campanha eleitoral para prefeito, em 2016, para deputado estadual em 2018, e novamente para prefeito e vereadores, em 2020. É fundador e proprietário do Jornal Regionalidades.

Comentários no Facebook