O Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), a Secretaria Desenvolvimento Rural de Alegre, com o apoio do Caparaó Jr, Sindicato dos Trabalhadores Rurais e Associação de Produtores e Produtoras Rurais de Lagoa Seca, promoveram o Dia do Campo com o tema “Café Arábica: Nutrição, Poda e Manejo de Broca do Café do Cafeeiro”, na comunidade de lagoa Seca, em Alegre. O evento contou com um público formado por agricultores, universitários e técnicos.

Foram realizadas as estações de “Manejo da fertilidade do solo e nutrição do cafeeiro” com o professor do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes) de Alegre, João Batista Pavesi. A segunda estação foi sobre “Poda e Manejo do Cafeeiro Arábica” com o extensionista do Incaper de Iúna, Matheus Fonseca de Souza. A última estação foi sobre “Manejo da Broca-do- café” com o pesquisador do Incaper, Maurício José Fornazier.

Publicidade Publicidade

Para a coordenadora do Escritório Local de Desenvolvimento Rural (ELDR) de Alegre, Aline Chaves Pereira, é muito importante fomentar a ação no município para que os produtores e produtoras de café tenham condição de produzir café de qualidade. “O Dia de Campo oferece informações importantíssimas aos agricultores e agricultoras, é uma metodologia que tem condição de promover uma maior integração entre os participantes através da troca de experiências”, disse.

“O evento além de trazer à tona assuntos de extrema relevância e que fazem parte do dia a dia do cafeicultor, permitiu presenciar um ambiente de aprendizado. Foi um marco importante para a cafeicultura do município, pois fortaleceu e estreitou ainda mais a parceria e interação entre os agentes que atuam na cadeia do café”, completou a extensionista Kamila Machado.

Comentários no Facebook