A Prefeitura de Alegre divulgou hoje (10), novas medidas de enfrentamento do novo coronavírus para comerciantes e demais prestadores de serviço. As medidas são válidas a partir desta quarta-feira e devem ser cumpridas conforme o decreto municipal 11.755/2020.

Em suma, as práticas de higienização, a obrigatoriedade do uso de máscaras, por funcionários e clientes, e o regramento de distanciamento social, por exemplo, não mudaram.

Publicidade Publicidade

O horário de funcionamento autorizado para os estabelecimentos que podem exercer suas funções comerciais presenciais, ainda é o mesmo vigente, de segunda à sexta-feira de 10h às 16h. Com exceção dos serviços de supermercados, que podem funcionar de 08h às 18h, de segunda à sábado. Padarias, de 05 às 18h, que podem funcionar todos os dias.

O atendimento das lojas de materiais de construção alterou e foi estendido, agora o horário estabelecido será de 07h às 16h, de segunda a sexta-feira, com delivery permitido até às 17h. Escritórios de advocacia, médicos e odontológicos, poderão cumprir suas atividades no horário de 8h às 17h, ressalvados os casos de urgência. Lanchonetes e restaurantes, poderão funcionar por delivery após às 16h.

O município também esclarece no documento que serão considerados serviços de delivery em que há entrega de produtos na casa dos clientes, ficando proibida a retirada de produtos nos estabelecimentos.

Os serviços de farmácias, postos de combustíveis, distribuidoras de gás de cozinha e água, oficinas mecânicas e afins, não se submetem as restrições de funcionamento, sendo considerados serviços essenciais.

Academias de ginástica permanecem com o funcionamento suspenso, e os templos religiosos, de qualquer denominação ou crença, com suas atividades presenciais suspensas até o próximo dia 30 de junho.

O descumprimento destas normas sujeitará o infrator a suspensão, ou até mesmo cassação do alvará em caso de reincidência.

A venda de bebidas alcoólicas em estabelecimentos como bares, restaurantes e padarias está proibida, até mesmo nas calçadas e adjacências dos referidos comércios.

Para ter acesso ao documento, clique aqui.

Comentários no Facebook