A Carta de Serviços do Instituto de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Iema), além de ser uma ferramenta de pesquisa sobre os serviços que a autarquia oferece, virou fonte de inspiração para outros órgãos públicos, até mesmo de outros estados. Nessa terça-feira (25), a experiência da construção do documento foi compartilhada com a Prefeitura de Salvador, capital da Bahia.

A equipe do Escritório Local de Processos e Inovação (ELPI) do Iema apresentou aos servidores da Secretaria Municipal da Fazenda de Salvador como foi a construção da Carta da Serviços. “Compartilhamos a experiência de mapeamento de serviços e o processo de construção da carta. Foi uma conversa para troca de experiências e aprendizados”, destacou Catherine Paixão, membro do Escritório Local de Processos e Inovação do Iema.

Publicidade Publicidade

Ela explicou ainda que a equipe do ELPI foi procurada pelos servidores de Salvador, que pediram ajuda com algumas dúvidas em relação à construção de uma Carta de Serviços e marcaram uma conversa entre as equipes. “Foi muito legal apresentar o trabalho que fizemos no Iema e contribuir um pouco com a ação que está sendo desenvolvida na capital baiana”, completou Catherine Paixão.

Publicada em 2020, a Carta é um documento digital, disponível no site do Iema, que concentra em um único lugar as informações sobre cada serviço prestado pelo Instituto e a forma como a pessoa interessada pode acessar cada um deles, inclusive os serviços digitais. O objetivo principal da Carta de Serviços é facilitar e ampliar o acesso dos cidadãos aos serviços prestados na autarquia.

O documento foi construído com a cooperação dos servidores, a partir das informações de cada setor, com a coordenação da equipe do ELPI. Além disso, a Carta de Serviços é sempre atualizada quando há alguma alteração de procedimento. Ela serve também para que os servidores se atualizem sobre os serviços prestados por outras equipes.

Por meio da Carta de Serviços, o cidadão tem as instruções específicas sobre quais são os serviços, os pré-requisitos, quais os documentos necessários para cada serviço, o contato para atendimento, orientações para avaliação, além de outras informações importantes.

O documento está disponível no site do Iema, no endereço https://iema.es.gov.br/carta_servicos-2.

Comentários no Facebook