Hospital Estadual de Urgência e Emergência recebe prêmio de sustentabilidade

0
Foto: Divulgação

O projeto Melhoria na Gestão da Dispensação dos Medicamentos na Farmácia Central do Hospital Estadual de Urgência e Emergência (HEUE), em Vitória, ficou entre os 15 melhores durante o 12° Seminário Hospitais Saudáveis, promovido pela Secretaria de Estado de Saúde de São Paulo.

A premiação aconteceu nesta segunda-feira (11), durante o Seminário Hospitais Saudáveis, realizado na capital paulista. O Hospital Estadual de Urgência e Emergência é uma unidade pública, referência em atendimento de traumas, gerenciado desde dezembro de 2015, pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, por meio de contrato de gestão firmado com a Secretaria da Saúde do Espírito Santo.

Publicidade Publicidade

“Em parceria com o setor de Tecnologia da Informação (TI) do hospital, foram desenvolvidos em 2018 mapas de horários para otimizar o tempo de entrega das tiras de medicamentos para os pacientes, e consequentemente, contribuir de forma eficaz na dispensação e administração dos medicamentos”, explicou a coordenadora de Farmácia, Edna Ormi Galazi.

Segundo Edna Ormi Galazi, a redução de consumo de papel no setor foi um dos avanços da gestão e administração de medicamentos desde a implantação do projeto. “Além de ampliar a comunicação entre as equipes, foi possível reduzir desperdício como consumo de papel”, ressaltou.

Além da placa de reconhecimento, o HEUE também receberá o certificado de menção honrosa pela apresentação do projeto de redução de energia reativa, desenvolvido pela equipe de Manutenção do hospital.

Para o diretor hospitalar, Paulo Santos, os reconhecimentos são frutos de uma nova cultura que tem sido implantada na instituição. “A sustentabilidade na saúde é uma nova cultura que tem sido desenvolvida no Hospital Estadual de Urgência e Emergência. Os reconhecimentos obtidos nos últimos anos têm reforçado que estamos no caminho certo, pois essas práticas contribuem para a economia e principalmente para a qualidade de vida para as futuras gerações”, afirmou.

De acordo com os organizadores do evento, em 2019 foram apresentados 146 projetos, distribuídos em 10 estados brasileiros, abordando as mais diversas iniciativas ambientais em organizações de saúde públicas e privadas de todos os portes para tornar o Sistema Único de Saúde (SUS) mais verde e sustentável.

 

Sobre a Pró-Saúde

A Pró-Saúde é uma entidade filantrópica que realiza a gestão de serviços de saúde e administração hospitalar há mais de 50 anos. Seu trabalho de inteligência visa a promoção da qualidade, humanização e sustentabilidade. Com 16 mil colaboradores e mais de 1 milhão de pacientes atendidos por mês, é uma das maiores do mercado em que atua no Brasil. Atualmente realiza a gestão de unidades de saúde presentes em 22 cidades de 12 Estados brasileiros — a maioria no âmbito do SUS (Sistema Único de Saúde). Atua amparada por seus princípios organizacionais, governança corporativa, política de integridade e valores cristãos.

A criação da Pró-Saúde fez parte de um movimento que estava à frente de seu tempo: a profissionalização da ação beneficente na saúde, um passo necessário para a melhoria da qualidade do atendimento aos pacientes que não podiam pagar pelo serviço. O padre Niversindo Antônio Cherubin, defensor da gestão profissional da saúde e também pioneiro na criação de cursos de Administração Hospitalar no País, foi o primeiro presidente da instituição.

Comentários no Facebook