Homem é morto durante incêndio na Serra do Gelo, em Santa Teresa

0

Thomas Gums, vendedor de hortaliças, de 34 anos, morreu carbonizado em sua residência, próximo à Igreja Luterana, na Serra do Gelo, em Santa Teresa, na noite desta segunda-feira (28).

De acordo com moradores da localidade o incêndio aconteceu por volta das 21 horas, mas apesar das intervenções do corpo de bombeiros se estendeu até a madrugada desta terça-feira (29).

Publicidade Publicidade

A agricultora Gisela Volkz disse que Thomas era uma pessoa tranquila e que se dava bem com todos em sua volta. “Ele pertencia à nossa igreja, depois saiu, mas era um bom rapaz, morou a vida toda aí e nunca ninguém mexeu com ele”, contou.

O jovem Matheus Schaeffer disse que a morte de Thomas está sendo um mistério. “Era cedo, como pode ele não sair da casa? Será que alguém o matou antes?”, questionou.

De acordo com a equipe o Policial Militar que atendeu a ocorrência, Cabo Cavalcante, os bombeiros voluntários de Santa Maria de Jetibá debelaram o fogo para facilitar o serviço da perícia. “Os bombeiros voluntários encontraram a vítima na cozinha, tinha o pulso quebrado e a costela com o osso exposto, com indícios de ter sofrido lesões antes do incêndio, havia também um corte no abdômen com as vísceras para fora, apesar desses fatos nada podemos afirmar antes do laudo da perícia, pois o corte pode ter sido ocasionado pelo forte calor, portanto ainda é cedo para se afirmar que o incêndio foi criminoso”, explicou.

A equipe do Jornal Regionalidades está acompanhando o caso e em breve trará mais informações.

Assista ao vídeo:

Comentários no Facebook