Dois projetos da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semmam) de Guaçuí estão entre os 24 finalistas do Prêmio Boas Práticas Senador Gerson Camata, organizado pela Associação dos Municípios do Estado do Espírito Santo (Amunes). A iniciativa tem o objetivo de premiar as boas práticas municipais que fomentam a melhoria dos serviços públicos e a superação dos desafios da Administração Pública Municipal.

No último dia 5, a Comissão organizadora selecionou, entre 280 projetos inscritos, 152 que estavam dentro dos requisitos do regulamento e, entre estes, estavam 18 projetos inscritos por Secretarias Municipais da Prefeitura de Guaçuí. No dia 14, foram conhecidos os projetos semifinalistas e, já no dia 15, publicados os projetos finalistas, entre os quais estão o “Projeto Educacional Mostra de Vídeos Curtas Ambiental” e o “Projeto Troca Sustentável”, da Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Guaçuí, dentro da categoria “Cidade para as pessoas”.

Publicidade Publicidade

Nesta quinta-feira (21), o secretário municipal de Meio Ambiente, Roberto Martins, junto com membros da Semmam, está em Vitória para fazer a apresentação do projeto para a banca avaliadora do prêmio. “Estamos muito felizes em termos esses dois projetos finalistas, nesta categoria, porque isso reforça um dos objetivos da atual administração que é cuidar da cidade como cuidamos de nossas casas”, afirma.

Também nesta quinta, serão avaliados os projetos finalistas da categoria “Finanças Municipais”. Já na quarta-feira (20), foram avaliados os projetos das categorias “Governança Municipal” e “Tecnologia e Inovação”. O resultado final do prêmio será divulgado no dia 28, durante o 8º Congresso Gestão das Cidades que vai acontecer nos dias 27 e 28 de novembro, em Vila Velha.

O município de Vitória é o que tem mais projetos finalistas, com um total de quatro (três na categoria “Tecnologia e Inovação” e um em “Finanças Municipais”). Guaçuí vem em seguida, com dois projetos (na categoria “Cidade para as pessoas”), junto com municípios como Cariacica (um em “Governança Municipal” e outro em “Finanças Municipais”), Serra (“Finanças Municipais” e “Cidade para as pessoas”) e Viana (“Tecnologia e Inovação” e “Finanças Municipais”), além de Alegre (“Finanças Municipais” e “Cidade para as pessoas”) e Jaguaré (“Governança Municipal” e “Tecnologia e Informação”).

A prefeita de Guaçuí, Vera Costa, comemorou a classificação dos projetos para a final, mas também destacou o empenho das equipes de todas as secretarias que participaram

Os demais municípios contam com um projeto finalista cada. Na categoria “Governança Municipal”: Brejetuba, São Mateus, Baixo Guandu e Pancas; na categoria “Tecnologia e Inovação”: Água Doce do Norte; “Finanças Municipais”: Aracruz; e “Cidade para as pessoas”: Ibatiba e Santa Leopoldina.

A prefeita de Guaçuí, Vera Costa, comemorou a classificação dos projetos para a final, mas também destacou o empenho das equipes de todas as secretarias que participaram. “Estou muito feliz em termos dois projetos finalistas, mas não podemos deixar de destacar também o fato que conseguimos ter 18 projetos selecionados, na primeira fase, o que demonstra a competência das equipes de nossas secretarias”, coloca. “Além disso, não é fácil estar entre os 24 finalistas, basta olhar a lista”, completa.

 

Comentários no Facebook