Governo do Espírito Santo realiza 17ª Semana Estadual de Ciência e Tecnologia

0
Foto: Hélio Filho
EMPÓRIO MARCENARIA
J. Regionalidades vc por dentro de tudo Publicidade Detran carnaval Publicidade Agência Solução
SESA Aedes Aegipty Publicidade CORONAVÍRUS - SESA Publicidade CAMPANHA VACINAÇÃO GRIPE Publicidade Publicidade Publicidade MAIO AMARELO 2020 Publicidade EMPATIA NO TRÂNSITO Publicidade EDUCAÇÃO NO TRÂNSITO JULHO/2020 Publicidade DENGUE NOV/2020 Publicidade BEBIDA E DIREÇÃO DEZ2020 Publicidade

O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Ciência, Tecnologia, Inovação e Educação Profissional (Secti), realiza até a próxima quinta-feira (26) a 17ª Semana Estadual de Ciência e Tecnologia. Devido à pandemia do novo Coronavírus (Covid-19), a edição de 2020 é totalmente virtual, por meio do site www.semanact.es.gov.br. A cerimônia de abertura da 17ª Semana Estadual de Ciência e Tecnologia aconteceu nesta terça-feira (24), de forma virtual, com a presença do governador Renato Casagrande e de outras autoridades capixabas.

O objetivo da Semana C&T é intensificar a popularização da ciência e da tecnologia, mobilizando, em especial, estudantes e profissionais de diversas áreas do conhecimento em torno de atividades científico-tecnológicas. Os temas da 17ª edição são “Inteligência Artificial: A Nova Fronteira da Ciência Brasileira”, tema do evento nacional, “Covid-19” e “Tema Livre”, que foram incluídos pela Secti.

Publicidade Publicidade

Em sua fala, o governador destacou o uso da tecnologia no serviço público e a importância dessas ferramentas no período de pandemia. “Fizemos várias inaugurações, reuniões e ordens de serviço de forma virtual. Conseguimos não parar devido ao uso da tecnologia. O sistema e-Docs está chegando a 100% dos processos online até o fim do ano, sem contar que permitiu aos servidores trabalharem de forma remota. Nossos serviços mais importantes estão sendo migrados para os serviços digitais. Um exemplo é o Detran|ES que não parou um dia sequer”, afirmou.

Casagrande defendeu os investimentos em ciência e tecnologia, mas ponderou que este precisar estar à disposição de toda a sociedade. “Precisamos de fazer com que os serviços, seja das empresas privadas ou públicos, estejam à disposição para que possamos ganhar tempo, diminuir custos e preservar o meio ambiente. Melhorar o ambiente de inovação é fundamental para gerarmos oportunidades”, reforçou o governador.

A secretária de Estado de Ciência, Tecnologia, Inovação e Educação Profissional, Cristina Engel, também deu as boas-vindas a todos os participantes da 17ª Semana Estadual de Ciência e Tecnologia. “O tema nacional, lançado ainda em 2019, foi ‘Inteligência Artificial’, mas logicamente agregamos também o tema ‘Covid-19’ e, para não desperdiçar nenhum talentinho que estivesse escondido por aí, também inserimos o tema livre. Em ciência, tudo tem que ser permitido e incentivado”, pontuou.

Cristina Engel comentou ainda sobre a programação do evento: “Tivemos 161 projetos inscritos em nossa Chamada Pública e, desse total, mais de 140 estão expostos — o que equivaleria a quase 1.000 metros quadrados, se o evento fosse feito na forma física, com stands. Temos 12 palestras com especialistas em variados temas; nove entrevistas ao vivo; nove cursos com certificação; dez jogos muito divertidos; nove vídeos de laboratórios, objetivando tornar mais acessível a informação de para que serve um laboratório. Aliás, entre eles está o nosso Laboratório Central, mostrando como se processam as amostras de Covid-19”, acrescentou.

Também presente na solenidade virtual, a vice-governadora Jaqueline Moraes anunciou a abertura de oportunidade para captação de recursos, dentro do programa Agenda Mulher, com o objetivo de garantir o acesso de meninas e mulheres do interior do Espírito Santo ao projeto Corte de Lovelace, que visa ampliar a participação feminina nas carreiras de computação.

“Levaremos este programa para empoderar e dar visibilidade às mulheres através do empreendedorismo, oferecendo e customizando cursos, desde formações e qualificações diversificadas nas áreas de Pensamento Computacional, Programação e Robótica para as meninas e mulheres de bairros carentes de todo o Espírito Santo”, explicou Jaqueline Moraes.

Programação

Assim como nos anos anteriores, a edição de 2020 da Semana C&T conta com a exposição de projetos científicos e de inovação, elaborados por professores, estudantes e profissionais das áreas de Ciência, Tecnologia, Inovação e Pesquisa, além de uma programação extensa de palestras, cursos, minicursos, entrevistas ao vivo, games, entre outros.

A exposição dos projetos é realizada no site www.semanact.es.gov.br, por meio de vídeos enviados pelos estudantes e profissionais da área, além de Chamada Pública aberta pela Secti em outubro. O Edital para expositores recebeu 161 inscrições de estudantes e profissionais de todo o Espírito Santo.

A programação também é por meio de vídeos que podem ser assistidos no próprio site da 17ª Semana C&T. Toda programação foi planejada para gerar debates e reflexões dos temas definidos para edição. No site www.semanact.es.gov.br, o visitante do evento tem acesso às atividades:

·         141 vídeos de projetos científicos elaborados por estudantes e profissionais da área;

·         12 palestras;

·         09 entrevistas ao vivo (lives);

·         09 cursos com certificação;

·         18 minicursos;

·         Conhecer 18 laboratórios capixabas de Pesquisa e Inovação;   

·         Games e muito mais!

A 17ª edição do evento é uma parceria da Secti com a Secretaria da Educação (Sedu) e a Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes). O evento já faz parte do calendário anual do Governo do Estado. A programação se estende até esta quinta-feira (26).

“Essa é uma grande oportunidade para a sociedade entrar em contato com parte do conhecimento produzido no Espírito Santo, além de ser uma experiência importante para os pesquisadores em relação às atividades de popularização da ciência”, afirmou o diretor-presidente da Fapes, Denio Rebello Arantes.

“Com as recomendações de distanciamento social, devido à pandemia da Covid-19, cientistas e instituições de ensino e pesquisa precisaram se adaptar a nove realidades e recorrer às possibilidades da internet para promover os eventos de divulgação científica”, explicou o diretor da Fapes.

Serviço:
17ª Semana Estadual de Ciência e Tecnologia
Data: de 24/11 a 26/11

Site: www.semanact.es.gov.br

Comentários no Facebook