O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Educação (Sedu), anunciou, na última sexta-feira (07), a liberação da volta às aulas presenciais nas escolas localizadas nos 24 municípios de risco alto, conforme a matriz de risco. As unidades escolares localizadas nos municípios de risco baixo e moderado já tinham a permissão para as aulas presenciais.

Conforme explicou o secretário de Estado da Educação, Vitor de Angelo, podem voltar apenas os alunos da Educação Infantil e Ensino Fundamental 1 (1º ao 5º ano).

Publicidade Publicidade

“Nós temos quatro classificações de risco: baixo, moderado, alto e extremo. Não temos, hoje, nenhum município de risco extremo. Quando voltamos com as aulas no ano passado, voltamos com os municípios de risco baixo, depois avançamos com os municípios de risco moderado, sempre com os mesmos protocolos. E, agora, demos mais um passo com o risco alto. No risco alto, os protocolos continuam os mesmos das classificações de risco anterior, porém limitamos a oferta. Podem ser atendidos apenas os alunos da Educação Infantil e Ensino Fundamental 1”, explicou Vitor de Angelo.

O secretário também falou sobre os protocolos de segurança. “O distanciamento deve ser de 1,5 metro. Porém, sabemos que algumas escolas não têm esse espaço para atender 100% dos estudantes. Nesse caso, a unidade escolar deverá criar grupos se revezando, seja diário, semanal ou quinzenal. Nesses casos, é importante que os pais consultem a escola do seu filho para saber exatamente como será feito essa volta presencial, para que não aconteça de levar o aluno no dia que não seja o de seu grupo”, ressaltou Vitor de Angelo.

Todas as escolas da Rede Estadual contam com os protocolos de segurança e com o fornecimento de álcool, máscara, aferidor de temperatura, sabonete, sinalizador de distanciamento, entre outros.

Confira a classificação de todos os municípios capixabas:

RISCO BAIXO: Águia Branca, Baixo Guandu, Governador Lindenberg, Ibatiba, Iconha, Itaguaçu, Itarana, Jaguaré, Jerônimo Monteiro, Muqui, São Roque do Canaã e Vila Pavão.

RISCO MODERADO: Afonso Cláudio, Água Doce do Norte, Alfredo Chaves, Alto Rio Novo, Apiacá, Aracruz, Atílio Vivácqua, Barra de São Francisco, Bom Jesus do Norte, Brejetuba, Castelo, Colatina, Conceição da Barra, Divino de São Lourenço, Domingos Martins, Dores do Rio Preto, Fundão, Ibiraçu, Ibitirama, Itapemirim, Iúna, João Neiva, Laranja da Terra, Linhares, Marilândia, Mimoso do Sul, Montanha, Mucurici, Nova Venécia, Pancas, Piúma, Ponto Belo, Rio Novo do Sul, Santa Leopoldina, Santa Maria de Jetibá, Santa Teresa, São Domingos do Norte, São Gabriel da Palha, São Mateus, Sooretama, Vargem Alta e Venda Nova do Imigrante.

RISCO ALTO: Alegre, Anchieta, Boa Esperança, Cachoeiro de Itapemirim, Cariacica, Conceição do Castelo, Ecoporanga, Guaçuí, Guarapari, Irupi, Mantenópolis, Marataízes, Marechal Floriano, Muniz Freire, Pedro Canário, Pinheiros, Presidente Kennedy, Rio Bananal, São José do Calçado, Serra, Viana, Vila Valério, Vila Velha e Vitória.

Comentários no Facebook