O governador do Estado, Renato Casagrande, participou, na noite desta quarta-feira (26), da solenidade que marcou as comemorações do Dia do Policial Civil, celebrado no último dia 12. Foram homenageados 59 investigadores, 24 delegados, 12 escrivães, seis peritos, seis agentes de polícia e um auxiliar de perícia médica legal. Também foram concedidas medalhas aos policiais em razão do tempo de serviço e a entrega de medalhas e do título de “Amigo da Polícia”.

Durante o evento, Casagrande ressaltou a eficiência no trabalho da Polícia Civil e a sua contribuição na redução dos índices de criminalidade no Espírito Santo. Ele reafirmou que a segurança pública é uma das áreas estratégicas de sua gestão. “Queremos dar um passo adiante e nesses seis primeiros meses percebemos isso pelos resultados alcançados, como a redução mês a mês dos homicídios e dos crimes contra o patrimônio. Podemos fechar, pela primeira vez na história, o primeiro semestre com um número abaixo de 500 homicídios”, adiantou.

Publicidade Publicidade

Casagrande lembrou que o Estado já chegou a ter 2058 homicídios em apenas um ano. Neste ano, o número pode ficar abaixo de mil, porém, ele considera que o número ainda é elevado. “Temos um caminho inteiro pela frente, mas é bom olhar para trás e percebermos que estamos salvando mais de mil vidas em um ano”, disse. O governador pregou ainda cautela em relação às demandas da categoria, mas se declarou aberto a um diálogo permanente com vistas à melhoria das condições de trabalho dos policiais.

Somente este ano, o Governo do Estado entregou 102 novas viaturas para a Polícia Civil, totalizando um investimento de R$ 10,4 milhões. Nesta semana, foram entregues 50 viaturas caracterizadas, modelo Hilux 4×4, que serão distribuídas para as unidades de todo o Estado. A ação faz parte das medidas de enfrentamento à violência dentro do programa Estado Presente em Defesa da Vida.

No Espírito Santo, o Dia do Policial Civil é comemorado em 12 de junho, conforme previsto no artigo 253 da Lei Estadual 3.400 de 17 de janeiro de 1981. Em outros estados é comemorado em datas distintas. A data é uma referência à morte de Domingos José Martins, herói capixaba que participou como líder da Revolução Pernambucana e foi fuzilado no dia 12 de junho de 1817, no Estado da Bahia. Domingos Martins é o patrono da Polícia Civil capixaba.

Também participaram da solenidade os secretários de Estado de Segurança Pública e Defesa Social, Roberto Sá, e de Economia e Planejamento, Álvaro Duboc, além do delegado geral da Polícia Civil, José Darcy Santos Arruda.
FONTESecom ES
COMPARTILHAR
Artigo anteriorSolenidade homenageia os 160 anos da imigração pomerana para o Espírito Santo
Próximo artigoCircuito Capixaba de Águas Abertas vai agitar a Curva da Jurema no domingo
Elan Costa é jornalista sob o registro MTE 3512/ES, articulista, marqueteiro e consultor político, estudante de direito e vice-presidente da Adjori/ES - Associação dos Jornais do Interior do Espírito Santo - eleito para o biênio 2021-2023. Atuou na Gerência de Jornalismo e Relações Públicas da Prefeitura de Guarapari, trabalhou como Jornalista Correspondente do Jornal A Tribuna, no Noroeste do ES, foi coordenador de comunicação na Câmara Municipal de Santa Teresa, assessor de comunicação na Amunes - Associação dos Municípios do ES -, e assessor político em diversos órgãos. É marqueteiro político, tendo atuado na campanha eleitoral para prefeito, em 2016, para deputado estadual em 2018, e novamente para prefeito e vereadores, em 2020. É fundador e proprietário do Jornal Regionalidades.

Comentários no Facebook