Governador assina decreto que transforma a Setop em Secretaria de Estado de Mobilidade e Infraestrutura

0
Foto: Hélio Filho/Secom

O governador Renato Casagrande assinou, nesta segunda-feira (22), o decreto alterando a estrutura organizacional da Secretaria de Estado dos Transportes e Obras Públicas (Setop), que passa a ser Secretaria de Estado de Mobilidade e Infraestrutura (Semobi). De acordo com o texto do decreto, compete à Semobi formular, coordenar e executar a Política Estadual nas áreas de Mobilidade Urbana, dos Transportes e Infraestrutura, além de supervisionar as atividades das instituições que compõem sua área de competência.

Para Casagrande, a mudança não é apenas uma troca de nomes, mas sim a incorporação de um conceito na gestão de mobilidade urbana do Governo. “Vocês estão acompanhando o que estamos fazendo em mobilidade, com investimento em todo o Estado. Incorporando tecnologia na frota de ônibus, colocando wi-fi, revitalizando os coletivos, unificando o cartão de transporte, realizando obras de infraestrutura, como a Leitão da Silva, e vamos ter outras obras que darão uma nova cara a mobilidade urbana em nosso Estado, como na Terceira Ponte, no Portal do Príncipe, lá em Carapina”, listou.

Publicidade Publicidade

Ele destacou ainda que se trata de uma nova visão de mobilidade que vem sendo implementada desde o início deste ano. “É uma visão integrada de mobilidade nos coletivos, nos veículos, nas bicicletas e em novos modais”, comentou Casagrande.

O secretário de Mobilidade e Infraestrutura, Fábio Damasceno, pontuou que a mudança do nome encaixa a pasta em um novo momento, em que a integração é prioridade. “Essa alteração na nomenclatura e na estrutura organizacional vem para adequar a pasta a um conceito mais moderno de mobilidade integrada, eficiente e sustentável. Além disso, também criamos uma gerência para tratar exclusivamente de mobilidade ativa, que são meios não motorizados de locomoção”, explicou.

A Secretaria de Mobilidade e Infraestrutura (Semobi) passa a contar com as Subsecretarias de Estado de Administração e Gestão; de Infraestrutura e Logística; e de Mobilidade Urbana. Não houve a criação de novos cargos, sendo apenas reorganizadas funções e alteradas nomenclaturas mais adequadas às atuais demandas da sociedade e que são de competência da pasta.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.