Fracarolli toma posse ao cargo de prefeito nesta sexta (23), em Castelo

Sessão ordinária está marcada para acontecer às 15 horas, de hoje, no plenário da Câmara de Castelo

0
EMPÓRIO MARCENARIA
J. Regionalidades vc por dentro de tudo Publicidade Detran carnaval Publicidade Agência Solução
SESA Aedes Aegipty Publicidade CORONAVÍRUS - SESA Publicidade CAMPANHA VACINAÇÃO GRIPE Publicidade Publicidade Publicidade MAIO AMARELO 2020 Publicidade EMPATIA NO TRÂNSITO Publicidade EDUCAÇÃO NO TRÂNSITO JULHO/2020 Publicidade DENGUE NOV/2020 Publicidade BEBIDA E DIREÇÃO DEZ2020 Publicidade

Diante da atuação “crise” política instalada no município de Castelo, devido ao afastamento definitivo do ex-prefeito Luiz Carlos Piassi (MDB), conforme decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), publicado nesta quinta-feira (22), o presidente da Câmara Municipal, vereador, Domingos Fracaroli (PSDB), será empossado na tarde desta sexta-feira (23) ao cargo de prefeito do município.

Ao todo, Fracaroli já reúne cinco mandatos como vereador, sendo sua segunda vez como presidente do Legislativo municipal.

Publicidade Publicidade

A sessão está agendada para acontecer às 15 horas da tarde de hoje. Quem assume a presidência da Câmara é o vice-presidente, Antônio Celso Callegario (PV).

Fracarolli ficará no comando do Executivo Municipal por pelo menos 90 dias, período em que deverá ocorrer novas eleições.

Entenda o caso

Luiz Carlos Piassi foi condenado por improbidade administrativa em ação civil pública que transitou em julgado em 2013, com a determinação da suspensão de seus direitos políticos por oito anos.

Mesmo assim, em 2016, ele disputou as eleições municipais respaldado por uma liminar, que foi derrubada um dia após o resultado do pleito, ou seja, antes de sua diplomação.

Acompanhando o voto do relator, ministro Luís Roberto Barroso, o Colegiado concluiu que o TRE enfrentou todas as alegações dos recorrentes, sem qualquer omissão ou violação aos seus direitos.

Segundo o relator, a decisão que cassou a expedição dos diplomas está plenamente fundamentada, uma vez que, na data da diplomação, o prefeito eleito estava com seus direitos políticos suspensos.

Diante da situação, a defesa de Piassi afirmou que não irá recorrer da decisão.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorGovernador destaca trabalho realizado pelas forças de Segurança do Espírito Santo
Próximo artigoDetran|ES implanta novo sistema de reconhecimento facial de condutores
Elan Costa
Elan Costa é jornalista sob o registro MTE 0003512/ES, articulista e estudante de direito. Atuou na Gerência de Jornalismo e Relações Públicas da Prefeitura de Guarapari, trabalhou como Jornalista Correspondente do Jornal A Tribuna, no Noroeste do ES, foi coordenador de comunicação na Câmara Municipal de Santa Teresa, assessor de comunicação na Amunes - Associação dos Municípios do ES -, e assessor político em diversos órgãos. É marqueteiro político, tendo atuado na campanha eleitoral para prefeito de Guarapari em 2016, além de coordenador de campanha eleitoral para deputado estadual em 2018. Fundador e proprietário do Jornal Regionalidades.

Comentários no Facebook