Essa foi a segunda vez que a folha de pagamento dos servidores foi licitada pela atual administração e rendeu recursos extras para o município

Quando se fala em folha de pagamento, se entende que isso é uma despesa para qualquer empresa ou administração pública. E realmente é uma despesa que, conforme a legislação federal, precisa obedecer a limitações, no caso do poder público. Contudo, em Guaçuí, pela segunda vez, a atual administração vai ter retorno financeiro, com a folha dos servidores.

Há cinco anos, a Prefeitura de Guaçuí resolveu realizar uma licitação com a participação de instituições financeiras que tivessem interesse em receber os recursos da folha de pagamento de servidores, aposentados e pensionistas do município. O certame foi vencido pelo banco Bradesco que, para isso, pagou ao município um valor que passou de R$ 830 mil, além do município não pagar mais uma taxa, por servidor, como acontecia anteriormente. Ou seja, houve economia e entrada de recursos.

Publicidade Publicidade

Agora em 2019, com o vencimento do prazo previsto no processo, uma nova licitação foi aberta e o Bradesco, novamente, venceu a concorrência, pagando, para a Prefeitura de Guaçuí, mais de R$ 900 mil, para continuar gerenciando a folha de pagamento. E com isso, conforme o objetivo da administração municipal, o valor arrecadado poderá ser investido em obras e melhorias na infraestrutura da cidade.

A prefeita Vera Costa destaca que esse é um recurso a mais que entra nos cofres do município e que será investido, com responsabilidade, em benefícios para a população. “Todos sabem que temos administrado com responsabilidade, o que tem resultado em obras e serviços para a população, na busca de atingir objetivos, como deixar a cidade 100% pavimentada, até o final de nosso mandato, e realizar diversas obras por todo o município”, afirma.

Segundo ela, foi na busca de recursos para realizar todas essas obras que, entre outras ações, surgiu a ideia de licitar a folha de pagamento. “E com essa licitação, além de não termos o gasto que a gente tinha, temos um dinheiro a mais, para investir em novas obras, na saúde, educação, e tenho certeza que vai ser muito bem utilizado esse dinheiro”, enfatiza.

Comentários no Facebook