Uma criança participante da campanha Esperando Por Você, com microcefalia, vai deixar a instituição de acolhimento e passar a viver com sua nova família em Maceió, na próxima semana. É que a guarda com fins de adoção foi concedida pelo juiz da Vara da Infância e Juventude de Colatina, Ewerton Nicoli, em uma audiência virtual realizada nesta quinta-feira (05), que foi marcada por muita emoção.

A pequena Heloísa, de 1 ano e 3 meses, havia ingressado na campanha de adoção do TJES, há cerca de 3 meses, após terem sido esgotadas as buscas pelo Sistema Nacional de Adoção (SNA), em todos os seus níveis, e também pelo cadastro internacional.

Publicidade Publicidade

Em sua decisão, o magistrado destacou que a pretendente demonstrou preparo e sempre deixou muito claro o desejo de adotar a criança, mesmo sabendo de suas necessidades especiais:

“Presenciar o desenvolvimento desta criança, diante de tantas dificuldades, mostrou-me que sua vida possui o mais nobre dos propósitos humanos: o de influenciar positivamente outras pessoas. E foi assim com todos os que tiveram a sensibilidade de olhar para seus olhos e seu sorriso com o coração aberto. Agora ela segue adiante para alegrar e transformar sua própria família”, destacou.

Ainda na audiência virtual, a pretendente se comprometeu a zelar pelos cuidados no traslado da criança até a sua nova residência em Maceió.  E o representante do Ministério Público enfatizou que a guarda com fins de adoção é uma medida necessária e inadiável, mesmo em tempos de crise sanitária, pois atende ao melhor interesse da criança.

Durante a pandemia, as equipes técnicas da instituição de acolhimento e do Poder Judiciário do Espírito Santo, dedicaram esforços para realizar a aproximação da criança com a família. Por meio de vídeochamadas, a pretendente teve acesso à rotina da menina e foi orientada sobre todos os cuidados necessários. Agora, o estágio de convivência será acompanhado pela equipe e pelo juiz da Vara da Infância e Juventude de Maceió, que se encarregará de finalizar o processo de adoção.

“Essa é mais uma vitória do programa Esperando por Você, que vem trazendo resultados fantásticos até o momento”, comemora o juiz Ewerton.

Além de Heloísa, outros 11 participantes da campanha já foram adotados e 2 estão em fase de aproximação com pretendentes. O programa foi criado exatamente para dar visibilidade aos grupos de irmãos, crianças mais velhas e aquelas com alguma deficiência ou condição especial de saúde.

Comentários no Facebook