Os pais do adolescente Davi Furlan Pereira, de 14 anos, de Cachoeiro de Itapemirim, região Sul do Espírito Santo, estão fazendo uma campanha para arrecadar R$ 400 mil para pagar uma cirurgia em São Paulo.

Davi foi diagnosticado com um câncer raro chamado osteossarcoma – câncer que se desenvolve nos ossos – e de acordo com o diagnóstico o câncer está alojado na tíbia da perna direita – na parte anterior da perna, formando o que é chamado popularmente de “canela”.

Publicidade Publicidade

O procedimento foi agendado com urgência para a próxima terça-feira (12) no hospital AC Camargo, em São Paulo. Segundo relatou Geovana, mãe do Davi, ao Jornal Espírito Santo de Fato, o plano de Saúde não poderia cobrir o procedimento tendo vista as dificuldades financeiras enfrentadas pela família nos últimos anos. Geovana ressaltou ainda que a inviabilidade em aguardar liberações via SUS, uma vez que a fila de espera é grande.

A campanha de arrecadação do valor para pagamento do procedimento cirúrgico teve significativa adesão de populares nas redes sociais. Até a tarde desta quarta-feira (06) cerca de 221mil já haviam sido arrecadados de acordo com a prestação de contas de Rogério Correa, pai do Davi Furlan também nas redes sociais.

Segundo a mãe, Geovana, o menino realizou procedimentos de quiometerapia, porém não surtiu o efeito esperado e para tentar evitar que o filho precise amputar a perna a cirurgia é necessária.

Como doar?

Para doar basta escolher uma das opções abaixo como PIX ou até mesmo Transferência Bancária.

Ao todo, restam quase 200mil para que a quantia seja completada. Para que a meta seja alcançada seria necessário arrecadar cerca de 26mil por dia.

Chave Pix (CPF): 827.682.777-20

Dados bancários

Rogério Pereira (pai)
Banco Sicoob Sul
Agência: 3003
Conta: 25.263-8

COMPARTILHAR
Artigo anteriorNovos membros do Conselho Estadual dos Direitos Humanos tomam posse
Próximo artigoExpansão do sistema de coleta de esgoto em Soturno
Elan Costa é jornalista sob o registro MTE 3512/ES, articulista, marqueteiro e consultor político, estudante de direito e vice-presidente da Adjori/ES - Associação dos Jornais do Interior do Espírito Santo - eleito para o biênio 2021-2023. Atuou na Gerência de Jornalismo e Relações Públicas da Prefeitura de Guarapari, trabalhou como Jornalista Correspondente do Jornal A Tribuna, no Noroeste do ES, foi coordenador de comunicação na Câmara Municipal de Santa Teresa, assessor de comunicação na Amunes - Associação dos Municípios do ES -, e assessor político em diversos órgãos. É marqueteiro político, tendo atuado na campanha eleitoral para prefeito, em 2016, para deputado estadual em 2018, e novamente para prefeito e vereadores, em 2020. É fundador e proprietário do Jornal Regionalidades.

Comentários no Facebook