As experiências exitosas que estão sendo implementadas no sistema de saúde do Espírito Santo, e que vêm sendo apresentadas ao longo deste ano nos encontros do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e do Consórcio de Integração Sul e Sudeste (Consud), despertaram o interesse do governo paulista. Foi o que motivou o convite feito ao secretário da Saúde do Espírito Santo, Nésio Fernandes, que participou, na tarde dessa sexta-feira (29), de uma reunião com o secretário adjunto da Saúde de São Paulo, Alberto Hideki Kanamura, e representantes dos principais setores da secretaria paulista na sede da Sesa-SP.

Soluções inovadoras para o sistema de saúde do Estado, como o Instituto Capixaba de Ensino, Pesquisa e Inovação (ICEPi) e o marco legal do Programa de Provimento, estão entre as iniciativas apresentadas pelo secretário Nésio Fernandes, que afirma que as ações implementadas no Espírito Santo nestes primeiros 11 meses de gestão trarão resultados surpreendentes.

Publicidade Publicidade

“O novo modelo que estamos construindo no Estado vem mostrando soluções inovadoras para os desafios do sistema de saúde. O interesse dos paulistas nessa nossa pauta é aprofundar todo o marco legal, todo funcionamento dos dispositivos, para compartilharmos essas experiências. Esse momento é de suma importância, pois permite que o Estado do Espírito Santo contribua com soluções que possam, a médio prazo, serem aplicadas em outras realidades”, disse o secretário, lembrando ainda que embora grande parte dos desafios da saúde sejam comuns, cada Estado tem suas peculiaridades.

Licitações conjuntas

Na próxima semana, a Secretaria da Saúde do Espírito Santo e a Secretaria da Saúde de São Paulo iniciam o processo de construção de um instrumento jurídico que permita a realização conjunta de licitações entre os dois Estados.

De acordo com Nésio Fernandes, esse passo é fruto dos encontros do Consórcio de Integração Sul e Sudeste (Cosud): “teremos a possibilidade de fazer compras conjuntas para ganhar escala e preço. O estado de São Paulo tem um desempenho excepcional nos preços que eles conseguem praticar na compra de medicamentos, e o Espírito Santo pretende participar dessa boa prática também”, ressaltou o secretário.

Comentários no Facebook