Estamos em um momento de isolamento social, onde necessitamos ficar resguardados  do novo coronavírus. Por isso, a Prefeitura de Anchieta, por meio da Secretária Municipal de Saúde (Semus), solicita aos moradores da cidade que fiquem atentos, não só aos cuidados de prevenção da Covid-19, mas também aos relacionados à dengue, zika e chuikungunya, que têm muitos registros no Estado e são transmitidos pelo mosquito aedes aegypti.

Desta forma, é preciso que todos os moradores façam a limpeza e o monitoramento de suas residências, a fim de evitar água parada. Só neste ano, o Espírito Santo já registrou  aproximadamente cinco óbitos por dengue, e ainda teve um grande aumento nos casos de chikungunya. Em Anchieta em 2020 foram notificados 29 casos de dengue e 10 de chikungunya.

Publicidade Publicidade

Os agentes de endemia continuam realizando seus trabalhos, mas precisam da colaboração de todos. Nesse período de pandemia, eles visitam e vistoriam somente os quintais das residências e passam todas as orientações necessárias aos moradores.

A coordenação da Vigilância Ambiental solicita apoio da população anchietense no combate ao mosquito. “Pedimos aos moradores que vistoriem suas residenciais e quintais, tire um tempo para eliminar todo e qualquer tipo de água parada nos quintais, em vasos de plantas, calhas e tampe corretamente as caixas d’água”, solicita.  

Vigilância Ambiental: (28) 3536-3885 

Como se prevenir:

– Limpar o quintal, jogando fora o que não é utilizado;

– Tirar água dos pratos de plantas;

– Colocar garrafas vazias de cabeça para baixo;

– Tampar tonéis, depósitos de água, caixas d’água e qualquer tipo de recipiente que possa reservar água;

– Manter os quintais bem varridos, eliminando recipientes que possam acumular água, como tampinha de garrafa, folhas e sacolas plásticas;

– Escovar bem as bordas dos recipientes (vasilha de água e comida de animais, pratos de plantas, tonéis e caixas d’água) e mantê-los sempre limpos.

Comentários no Facebook